‘Fizemos uma campanha limpa e propositiva’, diz Carlos Eduardo (PDT) após derrota no RN

Carlos Eduardo (PDT) durante entrevista coletiva durante a tarde, antes de votar em Natal — Foto: Elias Medeiros

G1/RN.

Derrotado no segundo turno nas eleições para governador do Rio Grande do Norte, Carlos Eduardo (PDT) se manifestou na noite deste domingo (28) através de uma nota. Com 42,40% dos votos válidos, o ex-prefeito de Natal agradeceu pelos votos recebidos e frisou que realizou uma “campanha limpa e propositiva” contra a governadora eleita, Fátima Bezerra (PT). A candidata eleita obteve 1.022.910 votos, o que corresponde a 57,60% dos votos válidos.

“Abri mão de meus quase três anos de mandato como prefeito por saber que, ao homem público verdadeiro, não é permitida a omissão da luta”, diz trecho da nota.

Carlos Eduardo, que também foi deputado estadual por quatro legislaturas consecutivas, destacou ainda que o “Rio Grande do Norte chegou ao fundo do poço nos últimos quatro anos”.

“Me propus mudá-lo, percorrendo no calor, nas noites e madrugadas, o itinerário da esperança numa gestão voltada a todos, sem lados ou preconceitos ideológicos”, lembrou.

O ex-prefeito ainda dedicou “sinceros votos de êxito” à governadora eleita, Fátima Bezerra.

CategoriasRN

Bolsonaro diz que cumprirá promessas e governará com a Constituição

Jair Bolsonaro é eleito o 38° Presidente do Brasil

Agência Brasil.

O presidente eleito do país Jair Bolsonaro (PSL) usou sua conta oficial no Facebook, que tem mais de 8 milhões de seguidores, para transmitir seu primeiro discurso após a vitória. Com mais de 97% das urnas apuradas, o pesselista obteve pouco mais de 55% dos votos válidos, contra 44% de Fernando Haddad (PT).

Foram quase 8 minutos de pronunciamento na rede social, ao lado de sua esposa, Michele, e de uma tradutora de Libras (Língua Brasileira de Sinais). As imagens foram gravadas na casa do próprio candidato eleito. Sobre a mesa, havia exemplares da Bíblia, da Constituição e de um livro sobre o ex-primeiro ministro britânico Wiston Churchill, que liderou o Reino Unido durante a Segunda Guerra Mundial.

Inicialmente, Bolsonaro fez uma referência religiosa e agradeceu aos médicos que cuidaram de sua saúde, após o atentando à faca que sofreu no dia 6 de setembro. “Fizemos uma campanha diferente das outras. Nossa bandeira e nosso slogan, fui buscar naquilo que muitos chamam de caixa de ferramentas para consertar o homem e a mulher: a Bíblia sagrada”,

Ele lembrou que tomou a decisão de disputar a Presidência da República há quatro anos. “A verdade tem que começar a valer dentro dos lares, até o ponto mais alto, que é a Presidência da República. O povo, mais que o dever, tem o direito de saber o que acontece em seu país. Graças à Deus, essa verdade o povo entendeu perfeitamente. Alguém sem um grande partido, sem um fundo partidário, com grande parte da grande mídia o tempo todo criticando, colocando-me numa situação, muitas vezes, próximo a uma situação vexatória”.

Sem fazer referência a Fernando Haddad, o presidente eleito falou que o país clamava por mudança e fez críticas à esquerda, prometendo governar sem indicações políticas. “Não podíamos mais continuar flertando com o socialismo, o comunismo e o extremismo da esquerda. (…) O que eu mais quero, seguindo o ensinamento de Deus, ao lado da Constituição brasileira, inspirando-se em grandes líderes mundiais e com uma boa assessoria técnica e profissional, isenta de indicações políticas de praxe, começar a fazer um governo, a partir do ano que vem, que possa colocar o Brasil em um lugar de destaque”, afirmou.

Bolsonaro disse ainda que terá governabilidade, “dado os contatos que fizemos ao longo dos últimos anos” e disse que “todos os compromissos assumidos com essas bandeiras serão cumpridos, com o povo em cada local do Brasil em que estive presente”.

Fátima Bezerra é a governadora eleita mais votada da história do RN

Fátima Bezerra é a governadora eleitoa mais votada da história do Rio Grande do Norte — Foto: Pedro Vitorino

G1/RN.

A senadora Fátima Bezerra (PT) bateu o recorde de votos recebidos por um candidato que concorreu ao governo do Rio Grande do Norte. Com 100% das urnas apuradas, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ela angariou 1.022.910 votos. É a primeira vez que um governador ultrapassa a barreira de um milhão de votos no estado. No primeiro turno, Fátima recebeu 748.150 votos.

O recorde anterior pertencia ao atual governador Robinson Faria (PSD). Em 2014, ele foi eleito com 877.268 votos, derrotando o ex-deputado federal e ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves (MDB) em segundo turno. Robinson disputou a reeleição em 7 de outubro deste ano, mas não teve êxito.

Fátima ainda superou o número de votos que conquistou em 2014, quando foi eleita senadora pelo Rio Grande do Norte. Na ocasião, obteve 808.055 votos e venceu a ex-governadora Wilma de Faria, que também concorria a uma cadeira no Senado Federal.

Fátima Bezerra assume o governo do Rio Grande do Norte em 1° de janeiro de 2019. Ela ocupará o cargo até 31 de dezembro de 2022.

CategoriasRN

Bolsonaro vence em 16 unidades da Federação, Haddad em 11

Agência Brasil.

Com 55,13% dos votos válidos, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) ganhou em 15 estados e no Distrito Federal. O oponente, o candidato do PT, Fernando Haddad, liderou em 11 estados.

Por ordem alfabética, Bolsonaro venceu no Acre, no Amapá, no Amazonas, no Distrito Federal, no Espírito Santo, em Goiás, no Mato Grosso, no Mato Grosso do Sul, em Minas Gerais, no Paraná, no Rio Grande do Sul, no Rio de Janeiro, em Rondônia, em Roraima, em Santa Catarina e em São Paulo.

As unidades da Federação onde Bolsonaro obteve os melhores resultados foram Acre (77,22%), Santa Catarina (75,92%), Rondônia (72,18%), Roraima (71,55%) e Distrito Federal (69,99%).

Haddad venceu em Alagoas, na Bahia, no Ceará, no Maranhão, na Paraíba, em Pernambuco, no Piauí, no Rio Grande do Norte, no Sergipe, no Pará e no Tocantins. As maiores vantagens foram registradas no Piauí (77,05%), no Maranhão (73,26%), na Bahia (72,69%) e no Sergipe (67,54%).

Bolsonaro venceu em quatro das cinco regiões: Norte (51,9%), Centro-Oeste (66,55%), Sul (68,27%) e Sudeste (65,37%). Haddad venceu somente no Nordeste, com 69,69% dos votos válidos. No exterior, Bolsonaro obteve 70,98%, contra 29,02% de Haddad.

Fátima Bezerra (PT) é eleita governadora do Rio Grande do Norte

Com 100% das urnas apuradas, candidata foi tem 57,60% votos válidos, contra Carlos Eduardo (PDT), que teve 42,40%. Fátima é a única mulher eleita governadora no país e teve a maior votação para o cargo na história do RN.

Fátima Bezerra (PT) candidata ao governo do RN, durante votação — Foto: Elias Medeiros

CategoriasRN

“Não quero fazer campanha para o PT nunca mais”, diz Ciro ao votar

Candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes vota no segundo turno

UOL.

O candidato derrotado à presidência pelo PDT, Ciro Gomes, chegou às 12h11 deste domingo, 28, acompanhado da sua esposa, Giselle Bezerra, ao local de votação, na Secretaria da Saúde do Estado do Ceará, na Praia de Iracema, em Fortaleza/CE.

“Eu não quero fazer campanha para o PT nunca mais”, disse. Segundo o pedetista, o posicionamento já havia sido tomado desde o começo. Questionado sobre sua ausência no segundo turno, Ciro rebateu: “A quem que eu estou devendo essa .Estou devendo ao PT?”. Ciro afirmou que não quer influir na votação, justificando que os dois projetos apresentados neste segundo turno se antagonizam e “não desarmam essa bomba de ódio, de confrontação miúda”.

TRE-RN informa 10 ocorrências em urnas de nove municípios do RN

O TRE-RN informa que, nas primeiras 2h de votação neste segundo turno das Eleições 2018, das 8h às 10h, foram contabilizadas 20 ocorrências, das quais 10 se trataram de urnas substituídas nos seguintes municípios:

Boa Saúde
Ceará-Mirim
Natal (1a zona)
Jucurutu
Nova Cruz
Parnamirim
Macau
Mossoró
Parázinho

Quanto às ocorrências policiais, até o momento, não houve nenhum registro.

Dados Gerais das Eleições 2018 – Rio Grande do Norte | 2º turno
– Eleitores no RN: 2.373.619
– Zonas Eleitorais: 60
– Seções Eleitorais: 7.791
– Agregações: 401
– Urnas Eletrônicas: 7.389 (instaladas – MRVs), 587 (contingência) e 71 (MRJs).
– Total de UEs, contando-se também as urnas de reserva: 9.240
– Urnas Eletrônicas da Capital: 1.351 (instaladas), 81 (contingência) e 33 (MRJs).
– Locais de Votação: 1.531
– Supervisores: 2956
– Pontos de transmissão: 204
– Pontos de Apoio: 189
– Mesários: 29.698
– Municípios com biometria: Todos os municípios do RN

Com camisa azul, Haddad vota e faz sinal de vitória

O candidato a Presidência da República, Fernando Haddad, vota na escola Brazilian International School, em Indianópolis.

Com camisa azul e calça jeans, ao lado da mulher, Ana Estela, vestida de lilás e branco, o candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, voltou hoje (28) por volta das 10h, em São Paulo. Desta vez, o vermelho, cor de seu partido, não apareceu. Na parte de fora do prédio da Brazilian Internacional School, em Indianópolis, eleitores ouviam a música Alerta, Desperta, ainda Cabe Sonhar e seguravam rosas e livros.

Otimista com a possibilidade de vitória, Haddad disse que lutará “até o fim”. “Há uma forte tendência de alta nas pesquisas nos últimos dias e eu estou muito esperançoso de que a gente vai ter um resultado positivo hoje à noite”, disse.

Acompanhado de agentes da PF e da mulher, Bolsonaro vota no Rio

Acompanhado de agentes da PF e da mulher, o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, vota  na Escola na Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, no Rio de Janeiro.

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, votou pouco depois das 9h na Escola na Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, no Rio de Janeiro. Por recomendação da Polícia Federal, o candidato usou entrada alternativa, pelos fundos da escola, e colete à prova de bala. Bolsonaro chegou à seção eleitoral escoltado por policiais federais, acompanhado da esposa, Michele Bolsonaro, que estava vestida de branco. Antes de votar, o candidato beijou a mulher e fez sinal de vitória com os dedos.

“A expectativa é a que ouvi das ruas ao longo dos últimos meses, a de vitória”, disse Bolsonaro dentro da seção.

Após votar, o candidato foi até a frente da escola e saudou os eleitores que estavam na parte de fora do prédio. Ele saiu também pelos fundos. Já no carro, Bolsonaro abriu a porta, ficou de pé, agradeceu o apoio aos eleitores e fez sinal de coração.

O deputado estadual, Tomba Farias (PSDB), exerceu sua cidadania por volta das 10h30 em Santa Cruz

O deputado estadual, Tomba Farias (PSDB), exerceu sua cidadania por volta das 10h30. O parlamentar, reeleito no último dia 07 de outubro, votou no Instituto Cônego Monte e destacou a importância do voto consciente para as mudanças que o Brasil e Rio Grande do Norte precisam.

Primeiro eleitor do Brasil abriu 2º turno em Fernando de Noronha

O primeiro eleitor do Brasil, Joel Santana, chegou ao local de votação em Fernando de Noronha 23h 45 antes da abertura dos portões. Joel, que é técnico em manutenção votou às oito da manhã na Escola Arquipélago neste domingo (28).

Joel Santana tem 49 anos de idade, votou na seção 146 e pela primeira vez conquistou o posto de primeiro eleitor do país. Noronha tem fuso horário de uma hora à frente de Brasília, por isso a ilha abre a votação nacional.

“Felicidade total, votei consciente. É a primeira vez que sou o primeiro eleitor do país, eu estava ansioso por isso”, falou Joel.

Fernando de Noronha conta com 2743 eleitores que votam nas sete seções. Muitos turistas que estão na ilha devem justificar a ausência de voto neste domingo.

“Clima é de tranquilidade no segundo turno”, diz Jungmann

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, durante assinatura de acordo de cooperação para fomentar a geração de vagas de trabalho e geração de renda para presos, egressos e pessoas em cumprimento de penas alternativas.

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse hoje (28) que o clima nas ruas no segundo turno das eleições é de tranquilidade, as ocorrências são em número reduzido e não há conflitos graves. “A prosseguir nesse ritmo que temos observado até aqui, diria que as eleições tendem a ser bastante tranquilas”, disse. “E a vontade do eleitor, espero, ela será respeitada, porque isso faz pate da democracia”.

Jungmann esteve no Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, na sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Brasília, para acompanhar o andamento da votação. Pela manhã, ele votou em Recife, Pernambuco, antes de voltar à capital federal.

Até o meio dia, foram registrados 83 casos de crimes eleitorais, sendo 22 de boca de urna. Também foram presas 58 pessoas por crimes eleitorais, nenhum candidato. De acordo com o ministro, até o começo da tarde, a polícia judiciária instaurou 78 inquéritos.

O Ministério da Segurança Pública coordena as operações de ordem e segurança pública nos estados e está integrado com as polícias civis e militares. A Polícia Federal também montou um centro integrado para as eleições, com a participação de 14 instituições, que trabalha nas investigações determinadas pela Justiça Federal.

O ministro disse ainda que não há informações de conflitos entre eleitores opositores. “É uma demonstração de maturidade que estamos vendo nessas eleições, se repetindo o que aconteceu no primeiro turno. A expectativa é que o pós-eleições seja tranquilo quanto foi até aqui”, disse.

O balanço parcial é das 18 horas de sexta-feira (26) até o meio dia de hoje (28).

Agência Brasil.

PESQUISA CNT/MDA VOTOS VÁLIDOS: Bolsonaro tem 56,8%; Haddad, 43,2%

O candidato a Presidência Jair Bolsonaro (PSL) tem 56,8% das intenções de votos válidos contra 43,2% de Fernando Haddad (PT), segundo pesquisa do instituto MDA, encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte), divulgada neste sábado (27), véspera do segundo turno eleitoral.

São considerados votos válidos aqueles que excluem brancos e nulos, ou seja, os que necessariamente são declarados a favor de uma candidatura. É preciso considerar que nas pesquisas de intenção de voto não é possível estimar o índice de abstenção, quando os eleitores não comparecem à votação.

Resultado

Jair Bolsonaro (PSL): 56,8%
Fernando Haddad (PT): 43,2%

Sobre a pesquisa

O instituto MDA ouviu 2.002 eleitores entre dos dias 26 e 27 de outubro em 137 municípios de 25 unidades da federação e tem nível de confiança de 95%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no TSE com o número BR-06933/2018.

PESQUISA SETA/BLOGDOBG GOVERNO VOTOS TOTAIS: Fátima tem 43% e Carlos Eduardo 37%; Brancos, nulos e ninguém são 15% e 5% estão indecisos

A candidata do PT ao Governo do RN, Fátima Bezerra, tem 43% dos votos totais no segundo turno, indica pesquisa do Instituto Seta.

O candidato do PDT, Carlos Eduardo Alves, aparece com 37%.

Ninguém, brancos e nulos são 15% e 5% não souberam ou não quiseram responder.

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 25 de outubro em todas as regiões do Estado. Ela foi contratada pelo BlogdoBG e ouviu 1.300 eleitores. Com margem de erro de 3% e intervalo de confiança de 95%, o levantamento foi registrado sob os protocolos RN-07412/2018 e BR-00406/2018.

PESQUISA SETA/BLOGDOBG PRESIDENTE VOTOS TOTAIS NO RN: Haddad tem 46% e Bolsonaro, 37%

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, tem 46% da preferência do eleitor potiguar, indica pesquisa do Instituto Seta.

O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, aparece com 37% das citações estimuladas.

Ninguém, brancos e nulos são 13% e 4% não souberam ou não quiseram responder.

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 25 de outubro em todas as regiões do Estado. Ela foi contratada pelo BlogdoBG e ouviu 1.300 eleitores. Com margem de erro de 3% e intervalo de confiança de 95%, o levantamento foi registrado sob os protocolos RN-07412/2018 e BR-00406/2018.

Confira locais de votação em Tangará, RN

LOCAL DE VOTAÇÃO:

CMEI-ZILAH CARVALHO DE BEZERRA

SEÇÕES:

061 063 082 084 105 109 110

 

LOCAL DE VOTAÇÃO:

ESCOLA MUNICIPAL DR. MANOEL ALVES IRMÃO

SEÇÕES:

053 054 055 056 057 058 059 111 112

 

LOCAL DE VOTAÇÃO:

ESCOLA ESTADUAL PREFEITO JOÃO ATAÍDE DE MELO

SEÇÕES:

060 062 064 065 066 073 078 080 113

 

LOCAL DE VOTAÇÃO:

ESCOLA MUNICIPAL AMÉLIA TEODOLINA DE MELO

SEÇÕES:

092 097 098 117

Datafolha assegura que Bolsonaro será o presidente eleito

Editorial DATAFOLHA:

A experiência brasileira tem mostrado que viradas no segundo turno das eleições presidenciais são improváveis. Nos sete pleitos concluídos desde a redemocratização, o primeiro colocado na primeira rodada chegou ao Planalto.

Não se notaram, ademais, grandes variações nas pesquisas de intenção de voto nessa fase das disputas. Na mais apertada delas, em 2014, o tucano Aécio Neves superava numericamente Dilma Rousseff no levantamento inicial, por 51% a 49%, desconsiderando-se brancos, nulos e indecisos; acabou derrotado por 51,6% a 48,4%.

Constitui novidade, portanto, o movimento constatado pelo Datafolha nas preferências do eleitorado nacional desde a semana passada. De lá para cá, a diferença entre o líder da corrida, Jair Bolsonaro (PSL), e seu oponente, Fernando Haddad (PT), caiu de 18 para 12 pontos percentuais.

Na sondagem realizada na quarta e nesta quinta-feira (24 e 25), o capitão reformado aparece com 56%, contra 44% do ex-prefeito de São Paulo, no critério que simula o dos votos válidos. Trata-se de dianteira ainda bastante elevada.

Consult e Certus divergem do Ibope no RN

Quando as urnas forem abertas neste domingo (28) no RN saberemos qual os institutos acertarão o resultado das pesquisas de intenção de votos.

De ontem para hoje, três pesquisas foram divulgadas. A Consult e Certus com resultado semelhante mostrando uma disputa acirrada entre os candidatos ao Governo, Fátima Bezerra (PT) e Carlos Eduardo (PDT). Já o Ibope aponta uma vantagem de 10% para Fátima.

Para presidente, a Consult aponta um acirramento na disputa também para presidente da República no RN entre os candidatos Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL). Já a Certus mostra Haddad com 10% de vantagem e o Ibope vai mais além, a vantagem do candidato do PT aqui no Estado chega a 22%.

Agora é aguardar se a matemática dos números vai bater com a realidade das urnas.

Por Heitor Gregório

CategoriasRN

De volta ao país, Ciro não declara voto em Haddad

O Antagonista.

Ciro Gomes desembarcou na noite de sexta-feira, em Fortaleza, depois de duas semanas na Europa.

Ao deixar o aeroporto, o pedetista gritou “ele não”, mas não declarou voto em Fernando Haddad.