Comitê Científico do Nordeste recomenda pela segunda vez lockdown em Natal e Mossoró

Neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis é o coordenador da Comissão Científica do Consórcio do Nordeste — Foto: Divulgação/Campus Party Brasil

Do G1/RN.

A Comissão Científica do Consórcio do Nordeste para o combate à Covid-19 recomendou que seja realizado um lockdown em Natal e Mossoró, no Oeste potiguar. A recomendação foi entregue na segunda-feira (1º), segundo o neurocientista Miguel Nicolelis, coordenador da comissão.

A medida já havia sido sugerida pela Comissão no mês passado e foi novamente orientada agora. O “lockdown” é a maior restrição possível na atuação contra a doença. Esse tipo de recurso já foi adotado em regiões da Itália, Espanha e China, entre outros países, além do estado do Maranhão e cidades do Pará e Ceará. Trata-se de um bloqueio total da operação quaisquer atividades, com exceção das essenciais.

Nicolelis explica que a Comissão Científica se baseou, para fazer a recomendação, na taxa de ocupação dos leitos, que é superior a 80%, na crescente curva de infectados e mortes provocadas pelo novo coronavírus, e nos baixos índices de cumprimento do isolamento social por parte da população.

A orientação da comissão foi entregue às prefeituras de cada cidade e ao Governo do Estado. Apesar de, neste momento, a recomendação se restringir a Natal e Mossoró, Nicolelis adiantou que, nas últimas 24h, a situação também se agravou em Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e Macaíba, todas na Região Metropolitana.

Para Miguel Nicolelis, o Governo Federal não se aproximou de Estados e Municípios para dar condições financeiras para que as pessoas fiquem em casa. A situação se agravou e o momento é, para o neurocientista, de enrijecer as regras de distanciamento social.

Nicolelis disse também que os cientistas da comissão do Consórcio do Nordeste não conseguem enxergar ainda o pico da pandemia no Rio Grande do Norte. “Claramente os dados apontam, em qualquer matriz de risco do mundo, para o momento de lockdown”, afirmou.

Questionado sobre a possibilidade de flexibilização das normas de isolamento e possível reabertura do comércio na capital e em Mossoró, Miguel Nicolelis reforçou que o cenário não aponta para esse tipo de medida. “Não é momento para abrir o comércio de forma alguma, seria contraproducente”.

Secretaria Municipal de Saúde distribui kits de prevenção ao COVID-19 e realiza testes rápidos em garis de Santo Antônio

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Na manhã desta quarta-feira, a Vigilância Sanitária distribuiu kits preventivos ao novo coronavírus, sendo os kits com: 04 máscaras de tecido, já esterealizadas, e 01 frasco de álcool 70% líquido.

A ação ainda contou com a equipe da Estratégia da Saúde da Família (ESF) V e ESF Sucupira, que realizou 06 testes rápidos que deram negativos pro COVID-19 e também orientações referentes a saúde do trabalhador.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas sentadas

Praças públicas de Tangará são interditadas em prevenção ao novo coronavírus, Material foi doado por empresário da cidade

A imagem pode conter: quadra de basquetebol e atividades ao ar livre

Medidas sérias foram tomadas para evitar aglomerações na cidade.  Nas redes sociais populares aprovam as medidas de prevenção, onde agradecem ao empresário por ter se empenhado e doado para a secretaria municipal de Saúde todo material como mostra as fotos.

Confira abaixo o depoimento de Andynho Cds, proprietário da empresa Âncora Locações.

A empresa Âncora Locações, tendo em vista o número de casos suspeitos, confirmados e óbitos referentes ao Covid-19, na data de 03.06.2020 se dispôs para a Secretaria de Saúde Municipal de Tangará, fazendo a Doação de 744 metros de grades e 160 metros de fechamentos nos referentes pontos na cidade de Tangará, *Praça do skate, *Praça dos quiosques e *Praça da maternidade, como forma de prevenção, para que se evite aglomerações durante esse momento de pandemia que assola o mundo. Com fé em Deus e tomando as medidas preventivas iremos superar isso. Fique em casa e use máscaras.

A imagem pode conter: quadra de basquetebol e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: árvore e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: casa, céu, árvore e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre

 

Prefeitura de Tangará emite novo decreto ao combate e prevenção à pandemia do novo coronavírus (covid-19) durante o Período Junino

DECRETO Nº 11, DE 02 DE JUNHO DE 2020.

Dispõe disciplina medidas adicionais e temporárias de combate e prevenção à pandemia do novo coronavírus (covid-19) durante o Período Junino, e dá outras providências.

O PREFEITO MUNICIPAL DE TANGARÁ/RN, no uso de suas atribuições legais e com base no que dispõe a Lei Orgânica do Município,

CONSIDERANDO a existência de pandemia do COVID-19 (Novo Coronavírus), nos termos declarados pela Organização Mundial de Saúde (OMS);

CONSIDERANDO as recomendações expedidas pelo Ministério da Saúde em 13 de março de 2020;

Considerando o que preceitua o Decreto nº 29.634, de 22 de abril de 2020, do Estado do Rio Grande do Norte, que Dispõe sobre a prorrogação das medidas temporárias de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus (COVID-19) no âmbito do Poder Executivo Estadual;

CONSIDERANDO a decretação da situação de Calamidade Pública, no âmbito do Município de Tangará/RN, em razão da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (COVID-19), responsável pelo surto de 2019, nos termos do Decreto Municipal nº 06, de 02 de abril de 2020;

CONSIDERANDO a possibilidade de intoxicação por fumaça, pelas queimadas das fogueiras, impactando a saúde respiratória da população, além dos acidentes causados por fogos de artifícios;

CONSIDERANDO a notória superlotação das instituições hospitalares públicas;

CONSIDERANDO que é desaconselhável, de acordo com os órgãos vinculados ao sistema de saúde, qualquer medida que possa comprometer a eficácia do isolamento social;

CONSIDERANDO as naturais aglomerações presentes no período junino, em celebrações e fogueiras promovidas em espaços públicos ou privados,

DECRETA:

Art. 1º – Fica proibido, em todos os espaços públicos e privados da zona urbana e rural deste Município, durante o mês de Junho do corrente ano, por ocasião das festividades juninas celebradas e alusivas a Santo Antônio, São João e São Pedro, e enquanto perdurar a situação de calamidade pública em decorrência da COVID-19 (novo coronavírus):

I – acender fogueiras; e

II – queimar fogos de artifícios das mais variadas formas, e explosivos pirotécnicos que venham expor a população à fumaça e/ou gases decorrentes desta utilização.

Art. 2º – A fiscalização acerca do cumprimento das disposições constantes no presente Decreto ficará a cargo da Polícia Militar e da Guarda Municipal.

Art. 3º – O descumprimento do presente Decreto sujeitará o infrator às penalidades de multa previstas no Decreto Estadual nº 29.668, de 04 de maio de 2020, sem prejuízo de representação ao Ministério Público Estadual para apuração da prática do crime previsto no Art. 268 do Código Penal.

Art. 4º – Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Tangará/RN, em 02 de junho de 2020.

Jorge Eduardo de Carvalho Bezerra
Prefeito Constitucional

Em Lajes Pintadas, RN mais (03) casos foram confirmados para a COVID-19

Nenhuma descrição de foto disponível.

A Secretaria Municipal de Saúde de Lajes Pintadas, por meio do Setor de Epidemiologia confirma nesta quarta-feira (03/06), mais 2 (dois) pacientes recuperados da COVID-19. Pacientes da zona rural e da zona urbana, que cumpriram isolamento domiciliar, conforme determinação do Ministério da Saúde. Eles passaram por avaliações clínicas que constataram a recuperação dos dois.

Além disso nas últimas 24 horas, mais (03) casos foram confirmados para a COVID-19. Pacientes encontram-se em isolamento domiciliar e monitorados pela equipe de saúde. Também fomos notificados do surgimento de mais 3 (três) casos suspeitos.

É cada dia mais necessário respeitar o distanciamento social. Saia de casa apenas para o que for de extrema importância, e lembre-se de usar máscara de proteção, e também higienizar frequentemente as mãos.