Covid-19: Conass aponta 679 novas mortes e 15.654 novos casos

A doutora Luciana Souza compara duas radiografias de tórax diferentes de um paciente enquanto conversa com um colega de um hospital de campanha criado para tratar pacientes que sofrem da doença de coronavírus (COVID-19) em Guarulhos, São Paulo

Agência Brasil.

A atualização o Conselho Nacional de Secretarias Estaduais de Saúde (Conass) divulgada na noite desta segunda-feira (8) apontou 679 novas mortes e 15.564 novos casos de covid-19 nas últimas 24h. Com esses acréscimos às estatísticas, o país chegou a 37.134 falecimentos em função da pandemia do novo coronavírus e 707.412 pessoas infectadas, segundo o conselho. No site, o local com o número de pacientes recuperados ainda aparece “em construção”.

Ontem, o número de casos confirmados registrados pela entidade estava em 680.456. Já as mortes em decorrência da doença somavam 36.151.

Os estados com maior número de óbitos são São Paulo (9.188), Rio de Janeiro (6.781), Ceará (4.120), Pará (3.772) e Pernambuco (3.350). Ainda figuram entres os com altos índices de vítimas fatais em função da pandemia Amazonas (2.271), Maranhão (1.247), Bahia (901), Espírito Santo (871), Alagoas (601) e Minas Gerais (380).

O balanço do conselho (batizado de Painel Conass) foi criado no fim de semana após o Ministério da Saúde mudar sua dinâmica de divulgação dos dados sobre a pandemia. Até a semana passada, a pasta consolidava os dados das secretarias estaduais no início da noite.

A pasta passou a divulgar o balanço cada vez mais tarde (por volta de 22h) e parou de informar o total de casos, anunciando um novo método de anunciar sua consolidação hoje. As mudanças foram objeto de questionamento do Ministério Público Federal.

São Paulo do Potengi registra 89 casos confirmados de Covid-19 nesta segunda (08)

Nenhuma descrição de foto disponível.

Com os testes do final de semana que foram agendados pelas UBS’s para esta segunda-feira, 8, registramos 32 novos casos confirmados de Covid-19 em São Paulo do Potengi.

Agora são 89 confirmados, 58 suspeitos e 78 descartados. Totalizando 225 notificações. Dos confirmados, 5 casos já estão recuperados e 3 foram os registros de mortes.

No boletim temos detalhado os casos confirmados por UBS de referência, por sexo e por faixas etárias.

Reforçamos a necessidade da conscientização de todos para seguir com as medidas de isolamento social para as pessoas enquadradas em grupos de risco e de distanciamento social para a população em geral.

A higienização correta dos ambientes, das mãos, e a utilização constante da máscara são obrigações sanitárias de todos.

Juntos podemos desacelerar a propagação do Coronavírus.

Se puder, fique em casa.
Se sair, use máscara.

Acusado Injustamente: Justiça determina extinção de processos contra Drº Airton em Tangará, RN

Abaixo comunicado que está disponível na rede social do Drº Airton:

Meus amigos e minhas amigas da cidade de Tangará, boa tarde!
A verdade prevalece!

Há alguns dias fui acusado injustamente de ter divulgado números de uma suposta pesquisa falsa em grupos de WhatsApp. Sem se preocupar em fazer uma apuração e sem apresentar uma única prova sequer, o PT local, através de sua presidente, Cayla Rodrigues, acionou a justiça acusando a mim e aos meus correligionários de divulgar números dessa suposta pesquisa.

Não encontrando indícios que vinculassem meu grupo, ou a mim nessa atitude criminosa, a justiça determinou a extinção do processo e encaminhou para a Polícia Federal a investigação para encontrar os verdadeiros criminosos por essa ação de propagação de fake news.

Me impressiona como mesmo diante desse momento de pandemia nossos adversários políticos sigam empenhados em querer nos prejudicar, criar fatos novos, ou polemizar. É lamentável.

Também fui acionado na justiça para que parasse com meus atendimentos aqui no posto. Uma atitude no mínimo mesquinha, diante do momento de pandemia que vivenciamos. No entanto, mais uma vez a verdade prevaleceu e o juiz entendeu que minha trajetória como médico e meus atendimentos não poderiam cessar por não haver interesse eleitoreiro.

Dessa maneira, esclareço a toda sociedade que não vou parar, que as mentiras e as ações desesperadas dos nossos adversários não irão nos impedir de continuar nossa luta por Tangará. Contem sempre comigo!

Um abraço e que Deus abençoe a todos!

Petrobras aumentará em 10% o preço da gasolina nas refinarias na terça-feira

O Antagonista.

A Petrobras vai aumentar em 10% o preço da gasolina nas refinarias a partir da meia-noite desta terça-feira (9).

Segundo a estatal, a alta é de R$ 0,13 por litro. Apesar de ser o quinto aumento seguido da gasolina, o preço do combustível acumula recuo de 24% no ano.

O repasse de reajustes nas refinarias até as bombas dos postos de gasolina não é imediato.

Sítio Novo/RN confirma primeiro paciente infectado pelo COVID-19

Boletim epidemiológico do Covid-19 emitido pela Secretaria Municipal de Saúde neste dia 08 de junho de 2020.

A Secretaria Municipal de Saúde de Sítio Novo/RN informa a população sitionovense que foi confirmado o primeiro paciente infectado pelo COVID 19 em nosso município. Trata-se de um cidadão adulto, que apesar de residir em Sítio Novo, trabalha em Tangará, sendo assim o possível local de contágio. Diante dessa situação, informamos que estão sendo adotadas todas as medidas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde e contamos com a compreensão e a colaboração de todos os sitionovenses para que juntos possamos combater essa pandemia que se tornou uma realidade em nossa cidade.

A Prefeitura Municipal de Sítio Novo pede que a população siga as orientações das autoridades de saúde, ficando em casa se possível. E quando for sair, use a máscara.

#SitioNovo #Covid19 #Coronavirus
#VamosVencer #FiqueEmCasa

Campo Redondo confirma mais três casos positivos de Covid-19

Campo Redondo confirma mais três casos positivos de Covid-19

A Prefeitura de Campo Redondo, por meio do setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, confirma mais três casos de Covid-19 no município, na tarde desta segunda-feira (8). Os pacientes encontram-se em isolamento domiciliar sendo acompanhados pela equipe da Estratégia de Saúde da Família de suas respectivas áreas.

O 10º caso trata-se de paciente do sexo masculino, na faixa etária entre 30 e 40 anos, diagnosticado via RT-PCR;

O 11º caso trata-se de paciente do sexo feminino, na faixa etária entre 70 e 80 anos, diagnosticado via teste rápido;

O 12º caso trata-se de paciente do sexo feminino, na faixa etária entre 40 e 50 anos, diagnosticado via teste rápido. O paciente reside em Natal, com Cartão SUS de Campo Redondo.

Além dos casos confirmados, nas últimas 24 horas mais casos foram registrados como suspeitos e descartados, além de um curado.

Santa Cruz chega aos 102 casos confirmados da Covid-19 no município

O setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Santa Cruz confirma mais quatro casos de Covid-19 no município, que encontram-se em isolamento domiciliar e acompanhados por equipe da Estratégia de Saúde da Família do município. Além dos casos confirmados, nas últimas 24 horas mais casos foram registrados como suspeitos e descartados. O boletim traz uma nota informando sobre o óbito que estava em investigação e que o resultado foi negativo para Covid-19.

Prefeitura de Tangará edita decreto com medidas mais rígidas ao comércio local

DECRETO Nº 12, DE 07 DE JUNHO DE 2020

Altera o Decreto n. 06, 02 de abril de 2020, dispõe sobre as medidas temporárias adicionais de prevenção, controle e enfrentamento ao contágio pelo coronavírus COVID-19 e dá outras providências.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE TANGARÁ, no uso das atribuições que lhe conferem a Lei Orgânica do Município,

CONSIDERANDO o disposto no art. 23, II, art. 30, I e II, da Constituição Federal,

CONSIDERANDO o disposto na Lei Federal n. 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, e nos Decretos federais n. 10.282, de 20 de março de 2020, e n. 10.288, de 22 de março de 2020, e n. 10.292, de 25 de março de 2020;

CONSIDERANDO a situação de emergência em Saúde Pública de importância Nacional (ESPIN) em decorrência da Infecção Humana pelo novo Coronavírus(2019-nCoV), declarada pela Portaria n. 188, de 3 de fevereiro de 2020, do Ministro da Saúde;

CONSIDERANDO a Portaria n 454, de 20 de março de 2020, do Ministro da Saúde,que declara, em todo o território nacional, o estado de transmissão comunitária do coronavírus (covid-19); CONSIDERANDO o disposto nos Decretos estaduais n. 29.524, de 17 de março de 2020, n. 29.541 e n. 29.542, de 20 de março de 2020, e n. 29.556, de 24 de março de 2020.

CONSIDERANDO o Decreto Estadual n. 29.534, de 19 de março de 2020, que declara estado de calamidade pública no Rio Grande do Norte.

CONSIDERANDO a situação de calamidade pública no município de Tangará,declarada pelo Decreto n. 06, de 02 de abril de 2020, e ratificado pelo Decreto Legislativo Estadual n. 9, de 06 de maio de 2020, aprovado, promulgado pela presidência da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte e publicado no Diário Oficial Eletrônico da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte de 07 de maio de 2020, edição 429;

CONSIDERANDO a confirmação de transmissão comunitária do coronavírus (covid-19) no Município de Tangará;

CONSIDERANDO o aumento exponencial dos casos da COVID-19 no Brasil, no Estado do Rio Grande do Norte e em Tangará;

CONSIDERANDO a atual taxa de ocupação dos leitos de UTI existentes no Estado do Rio Grande do Norte e a estruturação de equipamentos de saúde dedicados ao cuidado e tratamento da COVID-19;

DECRETA:
– Art. 1º- O art.3 º do Decreto n. 06, 02 de abril de 2020 passa a vigorar com a seguinte alteração:

– Art. 3º. Em razão da situação de emergência em Saúde Pública de importância Nacional (ESPIN) em decorrência da Infecção Humana pelo novo coronavírus (2019-nCoV), declarada pela Portaria n. 188, de 3 de fevereiro de 2020, do Ministro da Saúde, ficam suspensas, até o fim da pandemia e/ou enquanto adurar o estado de calamidade pública, as seguintes atividades no âmbito do Município de Tangará:

I – o funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços, exceto:

a) instituições financeiras, inclusive correspondente bancário e Casa Lotérica autorizada, ao Banco do Brasil, Banco Bradesco que atendam as determinações do Decreto municipal nº 07 de 24 de abril de 2020;

b) supermercados, mercados, mercearias e demais estabelecimentos congêneres que comercializem alimentos não preparados e mantimentos;

c) padarias;

d) farmácias, drogarias, distribuidoras de medicamentos e de produtos e insumos médico-hospitalares e congêneres;

e) postos de gasolina, inclusive suas lojas de conveniências;

f) clínicas e farmácias veterinárias;

g) de venda ou revenda de gás butano;

h) de venda ou revenda de água mineral;

i) pet shops, venda de rações para animais, de insumos para agricultura e pecuária, e estabelecimento congêneres, exclusivamente para venda de produtos;

j) transporte coletivo, táxi e mototáxi;

l) hotéis, pensões, abrigos e lugares de abrigamento de pessoas em situação de vulnerabilidade social ou jurídica;

m) serviços fúnebres, velórios e cemitérios, limitando-se as cerimônias funerárias e de sepultamento aos familiares, em quantidade não superior a 10 (dez) pessoas e recomendando-se sua duração não superior a 60 (sessenta) minutos.

II – os prazos dos processuais de contenciosos administrativos.

§1º Os estabelecimentos tratados pelo inciso II deverão observar as disposições do Decreto estadual n. 29.541, de 20 de março de 2020.

§2º Os restaurantes, lanchonetes e demais empreendimentos, ainda que não formalizados, que vendam comida pronta funcionarão de portas fechadas, exclusivamente para realizar entregas em domicílio ou vendas por encomenda.

§3º. As disposições do caput se aplicam a clubes sociais, clubes de serviço e casas de show.

§4º Não sofrerão descontinuidade o exercício e o funcionamento dos serviços públicos e atividades essenciais, assim consideradas em legislação federal, especialmente nos Decretos federais n. 10.282, de 20 de março de 2020, e n. 10.288, de 22 de março de 2020.

§5º Os estabelecimentos autorizados a funcionar abertos ao público deverão:

I- controlar a lotação de pessoas por meio das seguintes medidas:

a) observar a capacidade máxima de 1 (uma) pessoa a cada 10 m2 (dez metros quadrados), considerando a área total disponível para a circulação e o número de funcionários e clientes presentes no local;

b) manter o distanciamento de 1,5 metros (um metro e meio) entre as pessoas, incluindo clientes e funcionários, inclusive com a organização de filas do lado de fora do estabelecimento, se necessário, para controlar a entrada das pessoas de acordo com o número máximo permitido no inciso anterior;

c) realizar a demarcação do posicionamento das pessoas nas filas, considerando também o distanciamento entre os atendentes dos caixas e balcões;

d) definir acessos específicos para entrada e para saída, de forma a controlar o número de pessoas presentes no interior do estabelecimento, se possuir mais de uma porta;

e) organizar o fluxo de entrada e saída de pessoas, quando o estabelecimento possuir um único acesso;

f) afixar cartazes informativos sobre a forma de uso correto de máscaras, higiene das mãos e a quantidade máxima de pessoas permitidas ao mesmo tempo dentro do estabelecimento, conforme o modelo em anexo, no exterior de cada porta de entrada e nas dependências internas, no tamanho mínimo do papel formato A4;

g) disponibilizar no mínimo 1 (um) funcionário para organização e controle das filas, nas áreas internas e externas dos estabelecimentos, obedecendo o distanciamento de 2 (dois) metros entre as pessoas, a fim de evitar aglomerações;

h) somente admitir no interior dos estabelecimentos clientes que utilizem máscaras.

I – adotar as seguintes medidas de higiene e proteção:

a) fornecer máscaras e álcool gel 70% (setenta por cento) para todos os funcionários, durante o horário de funcionamento do estabelecimento;

b) exigir que todos os funcionários e demais colaboradores presentes nos estabelecimentos, usem máscaras durante o horário de funcionamento externo e interno do estabelecimento, independentemente de estarem em contato direto ou não com o público;

c) higienizar os sanitários constantemente e dispor de sabonete líquido, papel toalha e lixeira com acionamento por pedal;

d) no local de entrada e demais pontos de atendimento ao cliente, disponibilizar álcool gel 70% (setenta por cento) para higienização das mãos;

e) manter a higienização interna e externa dos estabelecimentos, por meio da desinfecção das superfícies com álcool 70º (setenta por cento) ou sanitizantes de efeito similar, além da limpeza de rotina;

§6º Os estabelecimentos e serviços autorizados a funcionar não abertos ao público deverão adotar as medidas seguinte:

I – organizar a retirada dos produtos e comunicar o horário de entrega aos clientes;

II – higienizar as embalagens para entrega;

III – fornecer luvas, máscara e álcool em gel 70% aos entregadores.

IV – no caso de manipulação de alimentos, fornecer luvas descartáveis para os funcionários.

§7º Poderão ser usadas máscaras de confecção caseira, conforme as orientações do Ministério da Saúde, especialmente a Nota Informativa n. 3/2020-CGGAP/DESF/SAPS/MS.

Art. 2º- O descumprimento das normas fixadas no Decreto n. 06, de 23 de março de 2020 e 12 de 07 de junho de 2020, sujeitará o proprietário do estabelecimento infrator à multa pecuniária de R$ 200,00 (duzentos reais) até R$ 2.000,00 (dois mil reais) conforme o porte do estabelecimento o qual será aferido pelo fiscal da vigilância sanitária do município.

§1° Em caso de reincidência de infração a vigilância sanitária do município com o apoio da Policia Militar e a Guarda Municipal poderá proceder com o fechamento do estabelecimento, este só poderá reabrir com o pagamento das multas e adequação do estabelecimento a o que preceitua os decretos municipais para o enfrentamento do COVID-19.

Art. 3º- O Mercado Público municipal funcionara unicamente para a comercialização de gêneros alimentícios, sendo vedadas quaisquer outras atividades, e encerrará suas atividades abertas ao público às 12h, estabelecendo o distanciamento minimo entre pessoas de 1,5 metros, uso obrigatório de mascara e álcool a 70° em gel.

Parágrafo único. O prazo previsto no caput deste artigo poderá ser revisto a qualquer tempo, antecipado ou prorrogado.

Art. 4°- Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Tangará/RN, 07 de junho de 2020.

JORGE EDUARDO DE CARVALHO BEZERRA
Prefeito Constitucional