Polícia Civil apreende 17 máquinas caça-níqueis, em Macaíba, durante Operação

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba, com o apoio da Diretoria de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN), realizaram, na manhã desta quarta-feira (10), mais uma etapa da operação “Pacto Pela Vida”, que desencadeou diligências em combate aos jogos de azar, resultando na apreensão de 17 máquinas caça-níqueis. O intuito da ação, que aconteceu no bairro do Centro, do município de Macaíba, foi fiscalizar o cumprimento dos decretos estaduais que visam evitar a disseminação do coronavírus (covid-19).

Na ocasião, foram autuados em flagrante delito pela suspeita da prática dos crimes de exploração jogos de azar e jogo do bicho: Andreia Pereira de Góis, Ubirani Ugo de Brito e Monalisa Raline Lima dos Santos; os três suspeitos estavam infringindo também determinação, voltada à contenção do coronavírus, publicada em decreto estadual.

Ao longo da ocorrência, os policiais apreenderam R$ 6.547,85 reais em dinheiro fracionado, proveniente dos jogos de azar como: bingo, jogo do bicho e máquinas caça-níqueis. Todas as máquinas foram encaminhadas ao setor responsável pela destruição delas.

Segundo a delegada-geral, Ana Cláudia Saraiva, a Polícia Civil está trabalhando em arduamente para preservar a vida das pessoas, para que elas não sejam contaminadas e que os responsáveis pelos descumprimentos sejam devidamente identificados. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

MPRN recomenda que gestores realizem pesquisas prévias nas aquisições de produtos e serviços

Recomendação foi direcionada aos Prefeitos e Secretários de Saúde de Angicos, Fernando Pedroza e Afonso Bezerra.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) expediu recomendação para que os Prefeitos e Secretários Municipais de Saúde dos Municípios de Angicos, Fernando Pedroza e Afonso Bezerra realizem pesquisas prévias céleres de preços, pela internet ou por outros meios idôneos de cotação (telefone, e-mail, etc.) antes de efetuar, mesmo que por dispensa de licitação, aquisições de produtos e serviços referentes à pandemia de Covid-19. Os gestores devem atentar para só dispensar a cotação de preços em situações em que ela efetivamente não seja viável.

No documento, elaborado pela Promotoria de Justiça da Comarca de Angicos, o MPRN recomenda ainda que os gestores não realizem justificativas genéricas ou automáticas de dispensa de pesquisa de preços.

Além disso, antes de realizar os pagamentos (antecipados ou não) referentes a despesas que têm por objetivo o combate à pandemia de Covid-19, orientou a Promotoria de Justiça que os gestores realizem rápida pesquisa na rede mundial de computadores, para verificar se os representantes da empresa ou a própria empresa já atrasaram ou deixaram de fornecer produtos ou serviços a órgãos públicos, a fim de evitar provável dano ao erário e aos esforços de combate à pandemia.

O documento foi encaminhado ao gestores citados dando-lhes o prazo de 15 dias para informar as providências adotadas em cumprimento da recomendação ministerial, que pode ser lida clicando aqui.

CategoriasRN

Governo pactua com gestores da 5ª e 6ª Regionais de Saúde ação conjunta

A governadora Fátima Bezerra se reuniu em videoconferência com prefeitos e secretários das regiões do Trairí, na parte da manhã, e do Alto Oeste, na parte da tarde, que compõem a 5ª e a 6ª Regionais da Saúde Pública respectivamente. O objetivo foi discutir sobre o Pacto pela Vida, que está sendo colocado em prática em todos os municípios do Rio Grande do Norte. A ação foi criada no sentido de conscientizar a população potiguar sobre a necessidade de cumprimento do isolamento social, além das outras determinações dos decretos estaduais editados para conter o avanço do novo coronavírus (Covid-19).

Com as reuniões de hoje, o Governo encerra o ciclo de encontros com os gestores do executivo municipal das oito regionais de saúde, que abarcam os 167 municípios do Estado. “Hoje é um dia muito importante. Com as reuniões que fizemos hoje concluímos o processo de articulação que estamos fazendo desde da quinta passada em defesa do Pacto pela Vida”, disse Fátima Bezerra.

Foram convidados todos os 21 prefeitos da região do Trairí, que tem Santa Cruz como cidade polo, e os 37 prefeitos do Alto Oeste, sendo Pau dos Ferros a cidade polo. Os participantes reiteraram o compromisso de ampliarem as ações preventivas e de combate à pandemia da Covid-19. “Fico feliz por saber que vocês estão tomando medidas mais duras. Quanto mais rápido nos preocuparmos em tomar essas atitudes mais rígidas, mais rápido vamos sair dessa pandemia para retomar as nossas atividades profissionais, pessoais, educacionais e religiosas”, destacou a governadora.

Ela reafirmou que o Pacto foi pensando única e exclusivamente para poupar vidas, na medida em que contém o avanço da propagação do vírus que já levou mais de 400 pessoas a óbito no Estado. “Cada pessoa dessa representa uma dor, uma história, uma família. Peço a Deus que conforte as famílias que estão em luto. Infelizmente, não pudemos atender com a mesma velocidade da pandemia a abertura de leitos. Porém, mesmo em meio a um contexto catastrófico, conseguimos abrir mais de 300 leitos”, declarou.

UNIÃO PARA SALVAR VIDAS

O vice-governador Antenor Roberto e os secretários Cipriano Maia (Saúde), Petrônio Spinelli (Adjunto da Saúde), Fernando Mineiro (Gestão de Metas e Projetos, e coordenador do Pacto pela Vida) e o Cel. Francisco Araújo (Segurança Pública) participaram da reunião e apresentaram suas considerações e se colocaram à disposição dos prefeitos para quaisquer dúvidas ou necessidades.

“A coordenação das medidas de contenção deve ser do Estado, de acordo com a decisão do STF, e os municípios podem recrudescer, e não o contrário. Fizemos o último decreto levando em conta esse Pacto pela Vida. Avançamos em situações estruturais, como as festas juninas, que estão suspensas, e conseguimos avançar na antecipação do feriado dos mártires”, disse Antenor.

Fernando Mineiro mais uma vez deixou claro, nessas reuniões com prefeitos do RN, que a ação é para ampliar o diálogo e a união entre os municípios para a contenção da pandemia. “Criamos um Pacto sem protocolo em cada videoconferência nós nos demos conta de que o caminho era esse, de união e trabalho em prol da nossa população”, reforçou.

O prefeito de São Paulo do Potengi e presidente da Femurn (Federação dos Municípios do RN), José Leonardo Cassimiro de Araújo, o Naldinho, informou que após decretar o lockdown em sua cidade, o isolamento passou de 33% para 48%. “Fechamos as entradas para a cidade, que são cerca de 15 e deixamos apenas 1”, exemplificou. Na região do Trairi, outras ações importantes foram tomadas logo no início da pandemia, como em Serra Caiada, polo de turismo radical cujo acesso à serra foi fechado e em Tangará, um dos primeiros municípios a fechar a feira pública.

Participaram da reunião, na parte da manhã, além dos gestores citados, os prefeitos de Campo Redondo, Alessandru Emmanuel Pinheiro Alves; de Japi, Jodoval Ferreira de Pontes; de São José de Campestre, Joseilson Borges da Costa; e de Tangará, Jorge Eduardo de Carvalho Bezerra. De São Tomé, estavam presentes as secretárias Tereza Cristina (Administração) e Elisa Macedo (Saúde); de Santa Maria, os secretários Bruno (Finanças) e Oziel (Saúde). São Pedro e Serra Caiada também enviaram representantes.

Na parte da tarde, participaram os prefeitos de Antônio Martins, Jorge Vinicius, Doutor Severiano, Francisco Neri, de Frutuoso Gomes, Jandiara Cavalcante, de João Dias, Nadja Tássia, Luis Gomes, Mariana Fernandes, de Lucrécia, Conceição Duarte, de Rafael Godeiro, Ludmila Rosado, de Riacho da Cruz, Maria Bernadete Rêgo, de Riacho de Santana, Jessé de Freitas, de Rodolfo Fernandes, Francisco Wilson Rego Filho, de Pilões, Cícero Sabino, de Pau dos Ferros, Leonardo Rêgo, de Patu, Rivelino Câmara, de Olho D´Água dos Borges, Maria Helena de Queiroga, de Portalegre, Manoel Freitas, de Coronel João Pessoa, Antônio Lopes Filho, de Itau, Ciro Alves Bezerra, Rafael Fernandes, de Tenente Ananias, Larissa Cunha Rocha, Rafael Godeiro, Ludmila Rosado e de Rodolfo Fernandes, Francisco Wilson Rego Filho. Os municípios de Coronel João Pessoa, Encanto, Major Sales, Marcelino Vieira, Martins, Rafael Fernandes, Severiano Melo, Venha Ver, Viçosa, Serrinha dos Pintos e Taboleiro Grande enviaram representantes.

Polícia Civil autua três pessoas por realização de festa em Santo Antônio, RN

A Delegacia Municipal de Santo Antônio divulgou, nesta quarta-feira (10), a autuação de três pessoas pelo crime de infringir determinação do poder público, destinada a impedir a propagação de doença contagiosa. Os suspeitos teriam realizado uma festa na cidade de Santo Antônio, no último domingo (07), da qual participaram cerca de 30 pessoas.

As investigações se iniciaram após os policiais tomarem conhecimento de um vídeo que circulava nas redes sociais, no qual apareciam adultos e adolescentes em uma festa, todos sem máscaras e aglomerados. O proprietário do estabelecimento foi identificado e intimado, assim como dois contratantes responsáveis pela realização da festa.

A conduta é vedada pelo Decreto Estadual nº 29.583, de 1º de abril de 2020, em seu artigo 5º, que suspende o funcionamento de casas de eventos, e ainda no artigo 11, que proíbe a realização de atividades coletivas de qualquer natureza, públicas ou privadas, incluindo eventos de massa e shows.

O proprietário do estabelecimento confirmou a efetivação do contrato e alegou que, apesar de ter conhecimento da proibição de funcionamento, precisava do valor referente ao pagamento. Já os contratantes disseram que não imaginavam que o evento tivesse a repercussão alcançada. Em desfavor deles, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), já encaminhado à Justiça.

O crime de infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, está previsto no artigo 268, do Código Penal, sendo estipulada pena de seis meses a um ano, e multa. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Superlotado, hospital privado de Natal fecha pronto-socorro temporariamente para novos atendimentos

Casa de Saúde São Lucas fechou o pronto-socorro após superlotação — Foto: Redes sociais

G1/RN.

A Casa de Saúde São Lucas, hospital da rede de saúde privada de Natal, fechou o pronto-socorro nesta quarta-feira (10) para novos atendimentos, porque está lotado. O aumento dos casos de Covid-19 impactou na ocupação da unidade, que vai reabrir gradativamente, quando os pacientes forem recebendo alta.

Segundo a administração do São Lucas, por volta das 15h desta quarta cinco pacientes com suspeita de coronavírus chegaram ao hospital em estado grave. Eles precisaram ser entubados e todas as equipes de plantão (cinco médicos) foram deslocadas para atendê-los.

Essas cinco pessoas ficaram no pronto-socorro, que já estava lotado. Por isso a decisão de fechar o hospital para a entrada de novos pacientes.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado no final da tarde desta quarta-feira pela Secretaria de Saúde do Estado, na rede privada os leitos de semi UTI estão 95% ocupados e os de UTI 62%. Com relação à rede pública, a situação é de 86% de ocupação dos leitos semi intensivos e 88% das UTIs.

Ainda segundo o boletim, o Rio Grande do Norte registrou mais 28 mortes por Covid-19 e 541 novos casos confirmados nas últimas 24 horas. Ao todo, o estado chegou a 11.568 casos e tem 487 mortes desde o início da pandemia.

Covid-19: Brasil registra mais 32.913 casos e 1.274 mortes

Médicos fazem treinamento no hospital de campanha para tratamento de covid-19 do Complexo Esportivo do Ibirapuera.

Agência Brasil.

O balanço diário divulgado pelo Ministério da Saúde trouxe, nesta quarta-feira (10), mais 32.913 pessoas infectadas pelo novo coronavírus, totalizando 772.416. O resultado marcou um acréscimo de 4,2% em relação a ontem (9), quando o número de pessoas infectadas estava em 739.503.

A atualização do Ministério da Saúde registrou 1.274 novas mortes, chegando a 39.680. O resultado representou um aumento de 3,2% em relação a ontem, quando foram contabilizados 38.406 falecimentos por covid-19.

Do total de casos confirmados, 407.341 estão em acompanhamento e 325.395 foram recuperados. Há ainda 3.608 investigação de óbitos para identificar se a causa foi covid-19.

São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no país, concentrando o maior número de mortes (9.862). O estado é seguido pelo Rio de Janeiro (7.138), Ceará (4.480), Pará (3.027) e Pernambuco (3.531).

Já em número de casos confirmados, o ranking tem São Paulo (156.316), Rio de Janeiro (74.373), Ceará (71.402), Pará (62.095) e Maranhão (53.508). Entre as unidades da federação com mais pessoas infectadas estão ainda Amazonas (52.849), Pernambuco (41.935), Bahia (32.685), Paraíba (24.032) e Espírito Santo (23.344).

Assembleia do RN aprova antecipação do feriado estadual dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu para a próxima sexta-feira (12)

A Assembleia Legislativa do RN aprovou na manhã desta quarta-feira (10) o projeto de autoria do Poder Executivo que antecipa o feriado do dia 3 de outubro, dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, para a sexta-feira (12). O objetivo da proposta é, aliada à folga do feriado de Corpus Christi, na quinta-feira (11), ampliar a taxa de isolamento social dos potiguares durante a quarentena. A medida, que foi alvo de debate durante a votação, foi aprovada por 14 votos a cinco e 4 ausentes.

O texto prevê que a antecipação dos feriados via decreto fica autorizada enquanto durar o estado de calamidade pública no Rio Grande do Norte em função da crise na saúde pública pela pandemia do novo coronavírus. Porém o único feriado estadual disponível neste ano para antecipação é o do dia 3 de outubro.

Discussão

O deputado José Dias (PSDB), autor do Projeto de Lei, que denominou o dia 3 de outubro, feriado estadual em homenagem aos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, foi o primeiro a posicionar-se. “Sou contra. A medida é contraditória, ao invés de beneficiar, penaliza. Penaliza os que têm fé e vão aos santuários pedir a favor de suas famílias”, disse. Também contrário à proposta do Executivo estadual, Galeno Torquato (PSD), afirmou que a proposta não resolve a questão da saúde. Concordando com os deputados que antecederam o posicionamento, Coronel Azevedo (PSC) enfatizou que “não são essas iniciativas que vão resolver as fragilidades do Governo Fátima”.

O deputado George Soares (PL) ponderou ao lembrar que a antecipação do feriado tem sido usada de forma estratégica em vários estados e países no mundo. “É uma ação técnica”, classificou. Para Sandro Pimentel (PSOL), a medida “não vai resolver” a crise, mas, segundo ele, “iniciativas pequenas podem dar resultados importantes”.

Encerrando o debate, o deputado Francisco do PT esclareceu que a medida é uma alternativa para minimizar questões relativas à disseminação do novo coronavírus. “Claro que não é uma medida para resolver o problema. Fiquei surpreso com o acirramento de um debate de antecipação de um feriado”, finalizou.

Calamidade

A Assembleia do RN ainda reconheceu estado de calamidade pública em mais quatro municípios do Estado: Goianinha, Paraná, Timbaúba dos Batistas e Vila Flor.

Tomba Farias defende criação de CPI para investigar compra de respiradores

O deputado estadual Tomba Farias (PSDB) defende a realização de uma investigação sobre a compra de respiradores por parte do Governo do Estado que pagou R$ 5 milhões por equipamento que não foram entregues ao Consórcio Nordeste. O parlamentar, que considera importante se chegar à conclusão se houve ou não mau uso do dinheiro público, anunciou que a Assembleia Legislativa poderá instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o assunto.

“Mais de dois meses depois de ter antecipado o pagamento de quase R$ 5 milhões para compra conjunta de respiradores pelo Consórcio Nordeste, os aparelhos não foram entregues conforme o contrato. O dinheiro tampouco foi devolvido ao Governo do Estado”, disse o deputado.

Tomba destacou que a empresa responsável pela venda dos respiradores, foi criada em 24 de junho de 2019 e alertou que de lá para cá só emitiu duas notas fiscais, incluindo a de número 002, referente à venda dos respiradores. “O governo jogou fora R$ 5 milhões e eu não vejo o Ministério Público Estadual e o Ministério Público Federal falarem nada. A nossa Casa também está calada. Nós temos que tomar providências. Essa empresa tem como endereço um apartamento de 72 metros quadrados”, ressaltou.

Tomba Farias enfatizou ainda que a Assembleia Legislativa não pode continuar em silêncio diante de um fato que envolve dinheiro público, vindo dos impostos dos contribuintes. “Vamos ficar calados? Vai ficar dessa forma? Não vamos nos pronunciar?”, questionou o parlamentar, convocando os colegas a assinarem a “CPI dos Respiradores”.

Vivaldo Costa repercute possibilidade de adiamento das eleições municipais

Em pronunciamento durante a sessão plenária remota da Assembleia Legislativa, nessa quarta-feira (10), o deputado Vivaldo Costa (PSD) repercutiu a possibilidade de adiamento das eleições municipais desse ano. De acordo com o parlamentar, há uma previsão para que o pleito seja transferido do dia 4 de outubro para 15 de novembro.

“Os presidentes do Superior Tribunal Eleitoral, da Câmara dos Deputados e do Senado Federal estão vendo que é praticamente impossível manter as eleições de outubro, em razão da pandemia do novo Coronavírus. Há um consenso para adiar o pleito, orientado por especialistas da saúde”, disse Vivaldo.

Mesmo diante da possibilidade de adiamento das eleições, segundo o parlamentar, as convenções partidárias, previstas para o final de julho e início de agosto, continuam programadas. “Tenho acompanhado de perto esse assunto. As convenções irão ocorrer dentro dos métodos modernos, com recursos da internet, assim como as reuniões que temos feito aqui na Assembleia Legislativa, a fim de evitar aglomeração e contaminação”, observou o deputado.

Na ocasião, Vivaldo Costa enalteceu a sugestão do presidente do STE, que sinalizou com a possibilidade de promover as eleições com uma programação obedecendo a faixa etária dos eleitores. “Das 7h às 10h votariam as pessoas idosas, as que são de grupo de risco, as que estão em quarentena e assim por diante”, exemplificou ele, citando também a sugestão do deputado Dr. Bernardo (Avante), que defende que os municípios potiguares com poucos eleitores votem em único dia, “ou até mesmo no dia 4 de outubro, nesse caso, sem necessidade de adiamento”, concluiu.

Apesar de considerar acertadas as previsões para o adiamento das eleições municipais, o parlamentar salientou que os mandatos dos prefeitos e vereadores em exercício não devem ser prorrogados.

Touros adota isolamento social ‘rígido’ com toque de recolher e controle na circulação de veículos

Praia de Touros, no litoral Norte potiguar — Foto: Canindé Soares

G1/RN.

O município de Touros, no litoral Norte potiguar e distante cerca de 70 quilômetros de Natal, adotou nesta quarta-feira (11) medidas de isolamento social “rígido” na cidade. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Município e tem validade até o dia 22 de junho. A intenção da prefeitura é reduzir a velocidade da propagação do novo coronavírus.

Touros tem atualmente, de acordo com o boletim mais recente da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), 118 casos confirmados e 6 mortes pela Covid-19.

De acordo com o novo decreto, haverá um controle “de circulação de pessoas e veículos no espaços e vias públicas”. Assim, a população deverá ficar em casa, saindo apenas para serviço essenciais, como supermercados, farmácias e atendimentos de saúde. Entre as medidas para melhorar o isolamento, está o toque de recolher a partir das 22h até às 5h do dia seguinte. A multa em caso de descumprimento é de R$ 300.

A cidade vai fazer também controle de entrada e saída de veículos. Só poderão entrar motoristas que comprovem entregas de mercadorias no comércio local ou que prestem serviços essenciais. Dentro da cidade, também está proibida a circulação de veículos que não sejam de serviços essenciais em funcionamento.

Aos moradores, que devem portar documento de identificação, é necessário circular com máscaras de proteção, segundo rege o decreto e o atual decreto estadual, com possibilidade de multa. O morador também precisará comprovar a saída em via pública para um dos serviços essenciais.

O decreto também proíbe que se acendam fogueiras e fogos durante o período junino e enquanto durar o estado de calamidade na saúde pública por conta do novo coronavírus. A multa é de R$ 500 em caso de descumprimento.

Pessoas infectadas ou que estiveram em contato com infectados pelo novo coronavírus devem se manter em isolamento social. Caso não haja o cumprimento, essas pessoas serão levadas, com apoio policial, a um local determinado pela secretaria municipal de saúde para o “cumprimento de isolamento compulsório”.

No documento ainda constam outras medidas relacionadas à higienização nos atendimentos dos serviços essenciais, além de proibições de práticas esportivas coletivas.

Campo Redondo confirma mais um caso positivo para Covid-19

Campo Redondo confirma mais um caso positivo para Covid-19

Nesta quarta-feira (10) o Boletim Epidemiológico de Campo Redondo recebe nova atualização. A Secretaria Municipal de Saúde confirma o 15º caso positivo de Covid-19. Trata-se de um paciente do sexo masculino, na faixa etária entre 30 e 40 anos, natural de Campo Redondo mas residente no município de Parnamirim.

Secretaria Municipal de Saúde de Lajes Pintadas confirma nesta quarta-feira (10/06), 2 (dois) casos de COVID-19

A Secretaria Municipal de Saúde de Lajes Pintadas, através do Setor de Epidemiologia, confirma nesta quarta-feira (10/06), 2 (dois) casos de COVID-19. Pacientes encontram-se em isolamento domiciliar e em monitoramento pela equipe da Estratégia Saúde da Família. Nas últimas 24 horas foram registrados mais casos suspeitos e 4 (quatro) casos foram descartados. Informamos que mais 1 (um) paciente foi recuperado da COVID-19. Paciente da zona urbana, que cumpriu isolamento domiciliar conforme determinação do Ministério da Saúde. Paciente passou por avaliação clinica, que constatou sua recuperação.

Prefeitura de Japi, RN confirma mais 02 (dois) casos positivos de COVID-19 no município

A Secretaria Municipal de Saúde de Japi e Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus atualiza o Boletim Epidemiológico desta quarta-feira (10) informando mais 02 (dois) casos positivos de COVID-19 no município. Os pacientes encontram-se em isolamento domiciliar e sendo acompanhados pela equipe de saúde.

Informa ainda que mais 05 (cinco) casos suspeitos foram notificados nas últimas 24h.

Prefeitura de Saúde de Santa Cruz confirma mais cinco casos de Covid-19 no município

O setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Santa Cruz confirma mais cinco casos de Covid-19 no município, que encontram-se em isolamento domiciliar e acompanhados por equipe da Estratégia de Saúde da Família do município. Além dos casos confirmados, nas últimas 24 horas mais casos foram registrados como suspeitos e descartados.

Prefeitura de São Paulo do Potengi intensifica fiscalização aos cidadãos e empresas que estejam desrespeitando ao Decreto Municipal

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

A PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO DO POTENGI, através da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, Secretaria Municipal de Saúde, e o apoio da Polícia Militar, está autuando cidadãos e empresas que estejam desrespeitando ao Decreto Municipal nº 015, de 03 de junho de 2020, o qual estabeleceu a Política de Isolamento Social Rígido no território do Município.

Até às 16h dessa quarta-feira(10), já foram expedidas 12(doze) notificações à pessoas físicas/cidadãos, e 01 (uma) à Empresas; também foram expedidas 06 (seis) à pessoas físicas/cidadãos. Inclusive, uma loja foi multada por está comercializando roupas na calçada, o que foi constatado in loco pelos Agentes da Patrulha Sanitária da COVID-19, e os representantes da Segurança Pública Estadual, que apoiam a Ação Sanitária em São Paulo do Potengi.

A Prefeitura e a Polícia Militar reforçam o apelo para que a população continue colaborando com a Campanha de Enfrentamento e combate ao Novo Coronavírus/COVID-19, no cumprimento das determinações do Decreto Municipal 015/2020, para a proteção à saúde de todo o povo de São Paulo do Potengi.

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM SOLDADO NESTA GUERRA CONTRA O CORONAVIRUS/COVID-19. @ São Paulo do Potengi

“Pacto Pela Vida”: Prefeita de Serra Caiada participa de reunião virtual com Governadora do Estado

A imagem pode conter: 4 pessoas

Nesta quarta-feira, 10 de junho, o município de Serra Caiada esteve em reunião virtual com o Governo do Estado, tendo a participação da Governadora Fátima Bezerra.

Representando o município, estiveram participando o controlador Raimundo Regesson, a secretária municipal de Planejamento Râmida Raiza e a secretária adjunta de Saúde, Andreza Moreira, juntamente com outros municípios da região Potengi e Trairi, para discutir a situação da região quanto a saúde, o aumento de leitos no hospital regional de São Paulo Potengi e aumento de leitos no município de Santa Cruz.

Na oportunidade, também foi debatido a taxa de isolamento social nas cidades da região, e na ocasião ficar acordado o “Pacto Pela Vida”, onde os municípios irão intensificar a realização do isolamento social.

Caixa pagará auxílio emergêncial na sexta-feira e no sábado

Fachada da Caixa Econômica Federal

Agência Brasil.

As agências da Caixa Econômica Federal (CEF) não funcionarão nesta quinta-feira (11), feriado de Corpus Christi. Na sexta-feira (12), as agências estarão abertas normalmente, inclusive para o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para beneficiários nascidos no mês de novembro.

No sábado (13), 680 agências farão atendimento para o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial para beneficiários nascidos em dezembro. No site da Caixa Econômica, há informação da localização das agências. Também estão na internet orientações sobre o uso de aplicativos da Caixa para movimentar o dinheiro creditado.

Tem direito ao auxílio pessoas que estejam desempregadas ou exerçam atividades que foram afetadas pela pandemia da covid-19 na condição de trabalhador informal, microempreendedor individual (MEI), contribuinte individual da Previdência Social e que pertença à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até três salários mínimos (R$ 3.135,00).

Segundo o vice-presidente da Caixa para Rede de Varejo, Paulo Henrique Angelo, já foram pagos R$ 76,6 bilhões a 58,6 milhões de beneficiários inscritos por meio do Cadastro Único, do Programa Bolsa Família, ou pelo site e pelos aplicativos da CEF.

Em live no YouTube para atualização de números das operações de pagamento, Paulo Henrique informou que o maior volume de pagamentos foi feito nas regiões mais populosas: Sudeste (R$ 27,7 bilhões) e Nordeste (R$ 27,4 bilhões). No Norte, foram pagos R$ 8,3 bilhões. No Sul, R$ 7,8 bilhões. E no Centro-Oeste, R$ 5,4 bilhões. São Paulo foi o estado que ficou com a maior proporção do dinheiro, 17,3%.

Mais de 107 milhões de pessoas se cadastraram para receber o benefício, sendo que desse total, 59,2 milhões foram considerados elegíveis, 42,7 milhões inelegíveis, cinco milhões e meio de pessoas estão com a demanda em análise e 5,2 milhões de pessoas que tiveram o pedido negado para receber o benefício estão em nova análise.