Papa Francisco doa quatro respiradores para ajudar Brasil no combate ao coronavírus

 O Papa Francisco abençoa público durante o Angelus, de sua janela na Praça de São Pedro, no Vaticano, no domingo (21) — Foto: AP Photo/Andrew Medichin

G1.

O Papa Francisco doou, nas últimas semanas, 35 respiradores artificiais para auxiliar 13 países no combate ao coronavírus. Quatro desses aparelhos serão destinados a hospitais no Brasil, segundo comunicado divulgado nesta sexta-feira (26).

Segundo a Esmolaria Apostólica, órgão do Vaticano responsável por doações e caridade, através do ato o papa “expressa sua proximidade com os países afetados pela pandemia de Covid-19, especialmente aqueles com sistemas de saúde em maiores dificuldades”.

Além do Brasil, também receberão quatro respiradores cada o Haiti e a Venezuela. Serão enviados três para a Colômbia, e o mesmo número para Honduras e México. Os demais países da lista receberão dois aparelhos cada República Dominicana, Bolívia, Equador, Camarões, Bangladesh, Ucrânia e Zimbábue.

Covid-19: testes preliminares da vacina de Oxford chegam a 90% de proteção

CNN BRASIL.

O governo brasileiro anunciou, neste sábado (27), uma parceria com o Reino Unido para a testagem e produção de uma vacina contra a Covid-19, que está sendo desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório AstraZeneca. O princípio ativo será transferido para o Brasil, junto com as demais tecnologias, e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) será a responsável por embalar em doses que serão ofertadas à população.

Em entrevista para a CNN, o infectologista e pesquisador da Fiocruz, Júlio Croda, ex-chefe do departamento de imunização e doenças transmissíveis do Ministério da Saúde na gestão de Luiz Henrique Mandetta, fez uma análise sobre as diferenças entre as vacinas do Instituto Butantan e da Universidade Oxford. Em suma, ele explica que a plataforma de produção é o que as difere, e destaca a importância de haver mais de um tipo de testagem. “É essencial, no Brasil, que a gente tenha opções. É muito difícil nesse momento a gente fazer uma escolha porque os estudos de fase três ainda não estão concluídos. É importante que exista iniciativa tanto do governo federal, como do governo de São Paulo em transferência de tecnologia e em produção local da vacina. No final, se as duas vacinas forem eficientes, nós teremos dois produtos para ofertar para a população em um tempo mais curto”.

Segundo o médico, o estudo mais avançado é o da vacina de Oxford. “Já está em estudo de fase três, os pacientes já estão sendo recrutados, em São Paulo, pela rede D’Or. Então, a gente espera que os resultados, se forem positivos, estas 30 milhões de doses já estejam disponíveis entre dezembro e janeiro”. Pacientes do grupo de risco e profissionais de saúde serão priorizados na primeira etapa de vacinação.

Júlio Croda explica que o Brasil é um dos países procurados para a testagem de diferentes vacinas por ser um dos lugares do mundo onde ainda há um crescente número de casos de infectados pelo novo coronavírus. “Não só vacinas, mas tratamentos também. Diversos grupos estão buscando o Brasil para buscar novos tratamentos porque a gente ainda tem a perspectiva de bastante circulação do vírus, e muitos pacientes podem ser beneficiados com esse tipo de tratamento”.

De acordo com o infectologista, os testes preliminares da vacina de Oxford já foram divulgados e demonstram uma eficácia de 90% na proteção contra a Covid-19. No entanto, ainda é preciso observar por quanto essa imunidade protetora individual irá perdurar. “O tempo da ciência não é o tempo da necessidade em termos de saúde pública. Temos que aguardar os resultados em relação ao acompanhamento, principalmente da imunidade destes pacientes que foram recrutados e que serão recrutados no futuro aqui no Brasil”.

Crise da covid-19 já fechou 400 bares e restaurantes em Natal e desemprego pode chegar a 30% no RN

Tribuna do Norte

A Associação de Bares e Restaurantes do Rio Grande do Norte (Abrasel/RN) estima que os três meses de pandemia do novo coronavírus causaram a perda de 8 mil empregos em Natal, somente no setor de alimentação. A quantidade reflete o fechamento de aproximadamente 400 bares ou restaurantes, 20% de 2 mil estabelecimentos. Em julho, a quantidade de empresas fechadas pode dobrar e chegar a 800, se a reabertura gradual da economia não acontecer. A estimativa é do presidente da Abrasel/RN, Artur Fontes.

Em todo Rio Grande do Norte, o desemprego pode atingir 30% de 120 mil empregos formais no setor de bares e restaurantes, ainda segundo a Abrasel. Caso isso se confirme, o dado representa mais de 2 mil empresas fechadas.

Segundo Fontes, as soluções encontradas pela maioria dos bares e restaurantes foi aderir à Medida Provisória do Governo Federal de suspensão por 60 dias dos contratos de parte dos funcionários. Mesmo com parte dos estabelecimentos abertos através do serviço de delivery, a maioria dos funcionários foi suspensa através da MP. “Um restaurante que tinha 300 a 200 funcionários manteve só uma parte trabalhando e os outros estavam em casa”, explicou.

A MP federalfoi um guarda-chuva para as empresas, que deixam de arcar com os encargos trabalhistas temporariamente. Os funcionários passam a receber parte do seguro-desemprego para manter a renda. Aprovada em abril para permitir a suspensão nos meses de maio e junho, a medida foi prorrogada por mais 60 dias na quarta-feira, 24.

Entretanto, na avaliação de Fontes, os estabelecimentos sofrem com outras despesas mensais, como o aluguel, e parte deles vai precisar pagar a folha salarial de junho. “Muitos funcionários retornaram neste mês de junho porque a MP havia se encerrado. E tem estabelecimentos que os funcionários voltaram na teoria, mas ficaram em casa porque o local de trabalho não estava em funcionamento. Eles vão ter que receber”, contou.

Dois prefeitos do interior de SP morrem de coronavírus na última semana

prefeitos

IG.

O prefeito de Santo Antônio do Aracanguá (SP), Rodrigo Aparecido Santana Rodrigues (DEM), 35, morreu na tarde desta sexta-feira (26), vítima do novo coronavírus. É o segundo prefeito do interior paulista que morre no intervalo de uma semana em decorrência do Covid-19. As informações são do jornal Folha de S.Paulo .

O político estava internado na UTI do Hospital da Unimed, em Araçatuba, desde o dia 2 de junho.

No dia seguinte à internação foi intubado e passou a respirar com o auxílio de aparelhos. Já no hospital, Rodrigo apresentou anemia e precisou de transfusão de sangue. Foi, ainda, submetido a uma traqueostomia e a sessões de hemodiálise.

Até esta sexta-feira, a cidade tinha 43 casos da Covid-19, com 3 mortes. Ainda de acordo com a prefeitura, foi feito neste sábado (27) um cortejo pelas principais ruas da cidade, até o cemitério, onde o enterro foi acompanhado apenas por familiares e um padre.

PREFEITO DE BOREBI

A morte em Santo Antônio do Aracanguá é a segunda envolvendo prefeitos paulistas no intervalo de uma semana devido à Covid-19. No último dia 20, o então prefeito de Borebi, Antônio Carlos Vaca (PSDB), 73, morreu em Bauru, onde estava internado desde o dia 24 de maio com grave quadro de insuficiência respiratória.

A cidade tem, até este sábado, 13 casos confirmados do novo coronavírus e a única morte foi a do prefeito. Assim como o prefeito de Rodrigo, ele passou por hemodiálise durante seu tratamento, que teve complicações como um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Antônio Carlos estava em seu terceiro mandato na prefeitura. Não houve velório e moradores soltaram balões quando o veículo da funerária chegou à cidade.

América FC realiza 1ª etapa de testes para Covid-19 e define retorno

AGORA RN.

om as atividades oficialmente suspensas desde o dia 19 de março em razão da pandemia do novo coronavírus e sem jogar desde o dia 16 de março, o América decidiu retomar os trabalhos. Nesta sexta-feira (26), realizou a primeira fase de testes para Covid-19 em todos do time profissional, comissão técnica e demais profissionais envolvidos diretamente com o futebol. A segunda etapa ocorrerá na próxima segunda-feira (29).

De todos os funcionários avaliados, um atleta testou positivo e seguirá isolado. Dentre os membros da comissão técnica, o resultado de um profissional mostrou que o mesmo já adquiriu anticorpos.

“É importante porque passa muita tranquilidade pra nós saber que o companheiro também está livre desse vírus maldito que veio pra assolar o país e o mundo. Então a gente fica um pouco mais tranquilo e trabalha de uma forma um pouco mais tranquila com a confiança de que as coisas vão acontecer mais à frente. Então, é bom, interessante e passa aquilo que a diretoria vem nos propopondo e colocando à disposição de nós todos, que é esse profissionalismo com que está sendo encarado essa pandemia e esse retorno ao futebol”, disse o volante Leandro Melo.

Diante da impossibilidade da retomada do futebol no Rio Grande do Norte e com a maioria dos adversário nas próximas competições treinando em outros estados, a equipe do América decidiu viajar para Pernambuco na próxima quarta-feira (1º), onde reiniciará os treinamentos Centro de Treinamento do Retrô, que fechou parceria com o clube potiguar e cederá suas instalações por dez dias, ficando à disposição do plantel campo, academia, refeitório e hotel.

Estátua de Nossa Senhora das Graças será inaugurada em Messias Targino e colocará município na programação de turismo religioso no RN

Vai ser neste domingo, 28, a inauguração da estátua gigante de Nossa Senhora das Graças, padroeira do município de Messias Targino. A inauguração será virtual para evitar a aglomeração de pessoas durante a pandemia.

O monumento, erguido no Mirante da Cidade, um alto com vista para toda o município, já vinha sendo construído pela prefeita Shirley Targino, que fez questão de concluir mesmo durante a pandemia, na expectativa de recuperação da economia com o turismo religioso, passada a temporada de distanciamento social.

A prefeita fará uma live a partir das 17 horas, que será transmitida pelas redes sociais da Prefeitura.

Governo Federal assina acordo para produzir vacina de Oxford contra coronavírus

CNN BRASIL.

O governo brasileiro anunciou neste sábado (27) uma parceria com o Reino Unido para a produção da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório AstraZeneca no combate ao coronavírus. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) receberá a tecnologia e insumos.

Na primeira fase do acordo, o Brasil contará com 30,4 milhões de doses. O valor da parceria é de US$ 127 milhões, sendo os custos de processo de transferência de tecnologia estimados em US$ 30 milhões.

Serão dois lotes de 15,2 milhões de doses cada, sendo o primeiro previsto para ser concluído em dezembro de 2020, e o segundo em janeiro de 2021.

No acordo com Oxford, o Brasil assumirá os riscos da pesquisa, uma vez que a eficácia da vacina ainda está sendo comprovada. Caso a vacine comprove sua eficiência no combate ao coronavírus, o Brasil aumentará a compra numa segunda fase para produzir mais 70 milhões de doses.

Segundo informações do governo, o valor estimado por dose da vacina será de US$ 2,30.

O Ministério da Saúde considera os riscos de pesquisa e produção “necessários” devido à urgência na busca por uma “solução efetiva para a manutenção da saúde pública”. O governo celebrou o acordo amparado pela previsão legal de encomenda tecnológica prevista na lei nº 10.973, de 2004, e amparada na lei de licitações, a 8.666, de 1.993.

Encomenda tecnológica

O acordo prevê a absorção da tecnologia da pesquisa, inclusive para a produção do ingrediente farmacêutico ativo, segundo informou o governo. Com a comprovação da eficiência da vacina, o Brasil irá adquirir mais insumos para que a produção ocorra na unidade de Bio-Manguinhos da Fiocruz.

Segundo o governo, mesmo se a vacina se mostrar ineficaz, os insumos adquiridos poderão ser utilizados na produção de outros tipos de vacina.

Coronavírus: 715.905 pessoas estão curadas em todo o Brasil

O Ministério da Saúde registrou neste sábado (27) o total de 715.905 pessoas curadas do coronavírus em todo o Brasil.

Foram registrados 18.379 pacientes curados a mais em relação ao boletim divulgado na sexta-feira (26).

O número é superior à quantidade de casos ativos no país (540.692), que são pacientes em acompanhamento médico.

Atualmente, o registro dos curados já representa mais da metade do total de casos acumulados (54,5%).

Covid-19 matou 57 mil pessoas desde março no Brasil

m homem recebe um teste de auto-coronavírus de um estudante de medicina à sua porta, em meio ao surto de doença de coronavírus (COVID-19), em São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil, 14 de abril de 2020. REUTERS / Rahel Patrasso

Agência Brasil.

A covid-19 causou a morte de 1.109 pessoas nas últimas 24 horas no Brasil. Com isso, o total de mortos pela doença provocada pelo novo coronavírus chega a 57.070 desde março. A informação é do Ministério da Saúde e está disponível na internet.

De acordo com a atualização, às 18h45 deste sábado (27), foram confirmados mais 38.693 casos de infecção pelo novo coronavírus. Com os números de hoje, o Brasil tem 1.313.667 casos de contaminação confirmados. Segundo o Ministério da Saúde, 715.905 pacientes recuperaram a saúde depois do tratamento.
A incidência da doença é de 625,1 casos por 100 mil habitantes, e a taxa de letalidade, de 4,3%% das contaminações.

A Região Sudeste registra o maior número de casos de infecção pela covid-19 (447.548), seguida pelo Nordeste (432.704); Norte (246.861), Centro-Oeste (82.128) e Sul (65.733).

O estado de São Paulo, o mais populoso e com maior número de contaminações, registrou nas últimas 24 horas mais 9.921 casos, somando 258.508 mil casos desde o início da pandemia. Foram registradas, até agora, 13.966 mortes no estado – 207 nas últimas 24 horas.

Ceasa-RN limita entrada de pessoas a partir desta segunda-feira (29)

Agora RN Ceasa-RN suspende acesso de ambulantes e fecha feirinha ...

A Administração da Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) comunica que iniciará nova medida sanitária para enfrentamento da Pandemia provocada pela COVID-19 e passará a controlar a entrada de pessoas nas dependências do órgão.

Desta forma, a partir desta segunda-feira (29), só será permitida a entrada de uma pessoa por família. A equipe de fiscalização estará na portaria monitorando e orientando sobre a nova medida.

A Administração ressalta que todas as medidas tomadas são para segurança e proteção de todos que fazem parte da Ceasa-RN. Se puder, fique em Casa!

CategoriasRN

Argentinos monitoram nuvem de gafanhotos

Locusts are seen on a plant, in Gran Guardia, Formosa,gafanhotos

Agência Brasil.

O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa) pede que a população avise se avistar a nuvem de gafanhotos, que está sendo monitorada pela instituição, que aplica defensivos fitossanitários para reduzir a infestação do inseto que ameaça lavouras e pastagens.

Ontem (26), o Senasa localizou a nuvem de gafanhotos 90 quilômetros a oeste da cidade de Argentina de Curuzú. Esta, por sua vez, fica cerca de 100 quilômetros a oeste  de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul.

A preocupação entre os argentinos é que a nuvem de gafanhotos ataque as plantações de trigo e aveia, que estão em fase de crescimento, além do pasto dos animais. Segundo o Senasa, uma nuvem de gafanhotos é capaz de consumir uma quantidade folhas equivalente a uma colheita capaz de alimentar 2.500 pessoas em um dia.

A dieta do inseto varia, conforme a espécie, entre folhas, cerais, capim e outras gramíneas. De acordo informações repassadas à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul, a nuvem é originária do Paraguai, das províncias de Formosa e Chaco, onde há culturas de cana-de-açúcar, mandioca e milho. A espécie é Schistocerca cancellata.

O deslocamento dos gafanhotos depende da circulação dos ventos e da temperatura. Os insetos preferem temperaturas mais altas. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, os ventos no Rio Grande do Sul terão intensidade entre fraca e moderada na direção sul-leste neste fim de semana.

A previsão para este sábado (27) no estado é de tempo nublado a parcialmente nublado com possibilidade de chuva em áreas isoladas do norte e parcialmente nublado nas demais regiões.Por causa da queda de temperatura, há possibilidade de geada em áreas isoladas.

Na última quinta-feira, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento declarou estado de emergência fitossanitária no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. A medida permite a implementação de plano de supressão da praga.

RN registra 522 novos casos de coronavírus e mais 20 óbitos; Total de mortes chega a 909 e infectados são 24.253

De acordo com o balanço divulgado na noite deste sábado (27) pelo Ministério da Saúde, o Rio Grande do Norte tem no total 24.253 casos do novo coronavírus e 909 óbitos provocados pela Covid-19.

O ministério registrou 522 novos casos e 20 óbitos a mais que o boletim da Sesap da sexta-feira (26), quando o RN havia totalizado 889 óbitos e 23.731 infectados.