Veículo roubado é recuperado no mesmo dia pela PRF em Mossoró/RN

A Polícia Rodoviária Federal recuperou, na manhã desta quarta-feira (29), no Km 56 da BR 110, em Mossoró/RN, um Gol CL, de cor verde que havia sido roubado nesta madrugada.

Por volta das 07h15, a equipe PRF recebeu a informação de terceiros que havia um veículo abandonado na vegetação, próximo à rodovia. Os policiais deslocaram até o local e constataram que se tratava de um carro que havia sido roubado durante a madrugada do mesmo dia, na comunidade Frei Damião. Localidade próxima às margens da BR 110, pertencente ao município de Mossoró/RN .

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil em Mossoró/RN.

BOA NOTÍCIA: Município de Senador Eloi de Souza zera os casos de covid-19

O município de Senador Eloi de Souza zerou os casos de covid-19, de acordo com o boletim desta quinta-feira, dia 30 de julho. A cidade tem apenas 3 (três) casos suspeitos. O índice reflete as ações realizadas pela gestão municipal no combate à pandemia.

Nesta semana, Senador Eloi de Souza também se destacou como município com menor índice de transmissão da covid-19 no RN.

Apesar de ter zerado o índice, as ações realizadas pela Prefeitura Municipal e o cuidado com a população vão permanecer, e serão intensificados, para que Senador Eloi de Souza permaneça livre do coronavírus. A Gestão Municipal pede que a população também continue fazendo sua parte, garantindo assim que os bons índices possam permanecer.

Vacina da Johnson & Johnson oferece proteção robusta contra o coronavírus com apenas 1 dose

Veja.

Estudo publicado na renomada revista científica Nature nesta quinta-feira, 30, mostrou que uma dose da vacina desenvolvida pela gigante americana Johnson & Johnson provoca forte resposta imune, capaz de proteger primatas contra infecções subsequentes do SARS-CoV-2, nome oficial do novo coronavírus.

De acordo com os resultados, a vacina, baseada em vetor de adenovírus sorotipo 26 (Ad26), provocou uma resposta imunológica robusta, demonstrada por anticorpos neutralizantes, impedindo infecções subsequentes e fornecendo proteção completa ou quase completa aos pulmões de primatas não humanos.

“Os dados pré-clínicos, gerados em colaboração com a equipe da Johnson & Johnson, destacam o potencial desta candidata à vacina contra o SARS-CoV-2. Além disso, os dados do estudo também sugerem que os níveis de anticorpos poderiam funcionar como um potencial biomarcador para a proteção mediada por vacina”, disse Dan Barouch, diretor do Centro de Virologia e Pesquisa de Vacinas do BIDMC e do Instituto Ragon, instituições ligadas à Universidade Harvard, que conduziu o estudo em conjunto com a Janssen, farmacêutica da Johnson & Johnson.

Os testes clínicos fase 1/2a em humanos já estão em andamento nos Estados Unidos e na Bélgica. Essa etapa busca avaliar segurança, reatogenicidade (reações esperadas à vacinação, como edema ou dor) e imunogenicidade da vacina em mais de 1.000 adultos saudáveis de 18 a 55 anos, bem como adultos de 65 anos de idade ou mais. A previsão da empresa é ampliar o estudo de fase 1 para o Japão e a fase 2a para Holanda, Espanha e Alemanha.

A fase 3, que avalia a eficácia do imunizante, têm início previsto para setembro. De acordo com a Johnson & Johnson, os estudos avaliarão a resposta à aplicação de uma e de duas doses da vacina

“Estamos animados ao ver esses dados pré-clínicos, pois mostram que a nossa candidata à vacina gerou uma forte resposta de anticorpos e ofereceu proteção com uma única dose. As descobertas nos dão confiança enquanto progredimos em nosso desenvolvimento da vacina e na ampliação da escala de fabricação em paralelo. Com isso, iniciamos o estudo de Fase 1/2a em julho com a intenção de realizar o estudo Fase 3 em setembro”, afirmou Paul Stoffels, vice-presidente e diretor científico da Johnson & Johnson.

Estudo em primatas

Os pesquisadores imunizaram os primatas com um painel de protótipos de vacinas e depois os expuseram ao novo coronavírus. Os resultados mostraram que, dos sete protótipos de vacina testados, a Ad26.COV2.S, nome do imunizante desenvolvido pela Johnson & Johnson, provocou os níveis mais elevados de anticorpos neutralizantes contra o SARS-CoV-2.

Esse nível de anticorpos correlacionou-se com o nível de proteção. Os seis primatas que receberam a vacina não apresentaram vírus detectável no trato respiratório inferior após exposição ao coronavírus e apenas um deles apresentou níveis baixos do vírus em um teste nasal, em um único momento.

“À medida que combatemos coletivamente esta pandemia, permanecemos profundamente comprometidos com nosso objetivo de fornecer uma vacina segura e eficaz ao mundo. Nossos resultados pré-clínicos nos fornecem uma razão para otimismo, enquanto iniciamos nossos primeiros estudos clínicos em humanos.”, afirmou Mathai Mammen, chefe global da Janssen Research & Development, da Johnson & Johnson.

A Johnson & Johnson se comprometeu em fornecer mais de um bilhão de doses da vacina globalmente até meados de 2021, contanto que ela seja segura e eficaz. Para isso, continua aumentando a sua capacidade de fabricação e está em discussões com parceiros globais para garantir o acesso mundial.

Prefeitura de Currais Novos adota protocolo de uso de medicamentos contra a covid-19: ivermectina, azitromicina e cloroquina

A prefeitura de Currais Novos anunciou nesta quinta-feira (30) que passou a seguir a recomendação 04/2020 CREMERN sobre o uso de medicamentos no tratamento da Covid-19 em sua fase inicial. A decisão foi tomada após discussões por vídeo conferência entre equipe técnica de saúde da secretaria com os coordenadores e médicos da rede municipal de saúde.

Desta forma, o município passará a distribuir ivermectina, cloroquina e azitromicina, além de outros medicamentos nas Unidades Básicas de Saúde e na Farmácia Básica do Município aos pacientes que tenham receitas médicas obtidas tanto na rede municipal de saúde, como na rede privada, além de termo de consentimento.

“O médico tem a opção de prescrever tais medicamentos, se julgar necessário, com a devida autorização do paciente”, afirmou Alana Moraes, Secretária Municipal de Saúde.

“A Secretaria Municipal de Saúde adotou a recomendação 04/2020 do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (CREMERN) que faculta ao profissional médico da rede municipal e privada a prescrição desses medicamentos no tratamento da Covid-19 na fase inicial da doença, depois de ampla discussão por videoconferência nas últimas semanas com a equipe técnica da secretaria, sobre a recomendação do CREMERN”, disse Alana.

Prefeitura de Parnamirim entrega 31 novos leitos no Hospital Márcio Marinho nesta sexta

A Prefeitura de Parnamirim, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesad) entrega à população, nesta sexta-feira (31), a partir das 9h, 31 novos leitos clínicos no Hospital de Pequeno Porte Márcio Marinho, localizado em Pirangi.

Orçados no valor total de R$ 1.355.469,80, os leitos foram construídos a partir de recursos próprios do município, na base de 80%, em parceria com o Governo Federal, que custeou 30% dos serviços.

De acordo com a secretária adjunta de saúde, Jacyara Rangel, os leitos do tipo clínico, irão funcionar como retaguarda para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Esperança e são destinados aos pacientes que necessitam de tratamento prolongado, não acometidos pela Covid-19.

Com a ampliação, a unidade vai atuar com 47 profissionais compondo a equipe de assistência e 34 compondo a equipe de apoio. Além disso, o hospital vai contar também com exames laboratoriais e de imagem.

Parnamirim conta atualmente com um total de 266 Leitos, sendo 44 Hospital de Campanha, 31 no Hospital Marcio Marinho, 6 na Unidade Básica de Saúde (UBS) Suzete Cavalcante, 26 na UPA de Nova Esperança, 58 no Hospital Maternidade Divino Amor, além de 10 leitos de UTI adulta e 10 de UTI neonatal.

Para Jacyara Rangel, os novos leitos são de extrema importância, uma vez que “vão desafogar a rede de saúde, principalmente a UPA, facilitando assim o foco de atendimento aos pacientes com Covid-19, não deixando de atender as demais demandas de saúde que não pararam devido à pandemia”.

Brasil registra 1.824.095 casos de pessoas curadas da covid-19

O Ministério da Saúde registrou nesta quarta-feira (30/7) mais 36.676 pacientes curados da covid-19, totalizando 1.824.095 pessoas curadas do coronavírus em todo o Brasil.

No mundo todo, estima-se que cerca de 15,7 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram.

O número de pessoas curadas no Brasil é superior ao dobro da quantidade de casos ativos (694.744), que são pacientes que estão em acompanhamento médico.

O registro de pessoas curadas já representa mais da metade do total de casos acumulados (69,9%).

Nas redes sociais, Jalmir do Sindicato declara sua pré-candidatura à prefeito de Serra Caiada pelo MDB

Declaro, Portanto, Instalada, a minha PRÉ-CANDIDATURA À PREFEITO DE SERRA CAIADA PELO O MDB. (Movimento Democrático Brasileiro)

Onde todos os cidadãos Serra-Caiadenses são conclamados a participar de forma colaborativa, com a construção de nosso Programa de Governo e da Cidade que queremos para viver. O tempo chegou e o sol nasce para todos!

Auxílio emergencial elevou em 24% renda pré-pandemia, mostra pesquisa

Pessoas formam fila em agência da Caixa Econômica Federal no Rio de Janeiro

Agência Brasil.

As pessoas que recebem o auxílio emergencial, pago pelo governo federal durante a pandemia de covid-19, tiveram seus rendimento aumentados em 24% em relação ao que recebiam usualmente antes da pandemia. Os dados, divulgados hoje (30), são do Centro de Estudos em Microfinanças e Inclusão Financeira da Fundação Getulio Vargas (FGV).

O impacto do auxílio emergencial é maior no caso dos empregados informais, cuja elevação de renda proporcionada pelo auxílio chegou a 50%, passando de uma média de R$ 1.344 (pré-pandemia) para R$ 2.016.

“Para aqueles que receberam o auxílio emergencial, o acréscimo de renda mais do que compensou, pelo menos até o momento, as perdas de renda derivadas da crise. Isso não significa que o auxílio emergencial seja excessivo, mas sim que o nível de pobreza e desigualdade do Brasil é muito alto”, destaca o texto do estudo.

O levantamento mostra que alguns profissionais foram mais afetados pela pandemia, como cabeleireiros e manicure, que perderam, sem levar em conta o auxílio emergencial, 42% da renda usual. Vendedor ambulante (-38%), motorista (-36%), vendedor a domicílio (-33%), e artesão, costureiro e sapateiro (-33%), também tiveram quedas acentuadas em seus rendimentos.

De acordo com o estudo, o auxílio emergencial já foi pago a cerca de 64 milhões de brasileiros, de um total de 104 milhões de solicitações. “O número de pessoas que solicitaram o auxílio mostra que o volume de recursos do Bolsa Família pode não ser suficiente. Existe uma parcela da população que é bastante vulnerável, que não está sendo atendida”, destacou o coordenador do Centro de Estudos em Microfinanças e Inclusão Financeira da FGV, e um dos autores do estudo, Lauro Gonzalez.

“São pessoas que não são pobres suficientemente para estarem no Bolsa Família, mas que são pobres também, estão sujeitas aos efeitos negativos de choques, como esse que a gente teve na pandemia. Um mecanismo mais adequado [para corrigir isso] seria alguma coisa na linha de uma renda básica, abrangendo um número maior de pessoas”, acrescentou.

O levantamento foi feito com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Covid-19 realizada em junho de 2020 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Benefício

O benefício foi criado pelo governo federal para tentar reduzir os efeitos negativos na economia causados pela pandemia novo coronavírus, que obrigou o mundo a suspender diversos setores da atividade econômica. O auxílio é destinado a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs), autônomos, desempregados e famílias integrantes do programa Bolsa Família. A parcela é R$ 600 ou de R$ 1,2 mil, para mães solteiras.

Prefeitura de Santa Cruz publica novo decreto municipal autorizando a reabertura do estádio Iberezão para práticas de atividades físicas

A Prefeitura de Santa Cruz publica novo decreto municipal autorizando a reabertura do estádio Iberezão para práticas de atividades físicas, com entrada controlada.

De acordo com o Decreto Municipal Nº 1.889 de 30 de julho, a flexibilização está autorizada a partir da próxima terça-feira, dia 04 de agosto, respeitando as seguintes determinações:

I – Será permitida a caminhada na pista lateral do campo;

II – A abertura se dará de segunda a sexta-feira, das 05:30 às 08:30, e das 15:00 às 21:00;

III – Cada cidadão poderá caminhar por até 01 (uma) hora;

IV – As caminhadas serão agendadas através do telefone nº (84) 98761-4247;

V – A frequência simultânea permitida será de 30 pessoas a cada hora;

VI – Serão vedados o acesso de crianças, bem como o acesso de pessoas portando suprimentos ou equipamentos desportivos para atividades diversas da caminhada, como “bolas” e “bicicletas”;

VII – Será disponibilizado, álcool em gel 70% INPM;

VIII – O acesso será autorizado, após a aferição da temperatura corporal.
O Decreto Municipal informa ainda que o Parque Ecológico não será reaberto, tendo em vista a realização de reforça no local.

O novo Decreto Municipal ainda prorroga as outras proibições, já determinadas em decretos anteriores, até o dia 31 de Agosto. O Decreto será publicado por completo no Diário Oficial dos Municípios e no Facebook da Prefeitura de Santa Cruz.

Covid-19: Brasil chega a 2,6 milhões de casos e 91,2 mil mortes

Boletim epidemiológico covid-19

Agência Brasil.

O Brasil chegou a 2.610.102 casos acumulados de covid-19. Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 57.837 pessoas infectadas. Ontem (29), o sistema trazia 2.552.265 casos desde o início da pandemia. Os dados são da atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada no início da noite desta quinta-feira (30).

Também conforme o balanço do órgão, foram 91.263 vidas perdidas desde o início da pandemia. O painel recebeu 1.129 novos registros nas últimas 24 horas. Ainda há 3.591 óbitos em investigação. Ontem, o sistema marcava 90.134 falecimentos em função da doença.

Ainda de acordo com a atualização diária do Ministério da Saúde, há 694.744 pacientes em acompanhamento. Outras 1.824.095 pessoas já se recuperaram da covid-19.

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3.5%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 43,4. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 1.242.

Brasil registra 90.134 mortos e 2,5 milhões de infectados por covid-19

Boletim epidemiológico covid-19

Agência Brasil.

Conforme o Boletim Epidemiológico da covid-19, divulgado hoje (29) pelo Ministério da Saúde, o Brasil registrou 90.134 mortos pela doença desde o início da pandemia. A soma das pessoas infectadas desde o início da contagem atingiu 2.552.265. Nas últimas 24 horas, foram 69.074 novas notificações incorporadas no sistema do Ministério da Saúde. Ontem o total era de 2.483.191.

Há 675.712 pacientes em acompanhamento e 1.787.419 pessoas já se recuperaram da covid-19.

Foram 1.595 novos registros de mortes nas últimas 24 horas. O alto número se deveu à inclusão dos dados de São Paulo de ontem. No balanço divulgado pelo Ministério da Saúde ontem, o painel marcava 88.539 falecimentos.

Covid-19 nos estados

Os estados com mais mortes por covid-19 são: São Paulo (21.676), Rio de Janeiro (13.033), Ceará (7.643), Pernambuco (6.484) e Pará (5.694). As Unidades da Federação com menos falecimentos pela pandemia são Mato Grosso do Sul (328), Tocantins (364), Roraima (493), Acre (510) e Amapá (449).

Banco Central vai lançar a nota de R$ 200 em agosto

R7.

Conselho Monetário Nacional) aprovou a nova cédula, que terá como personagem o lobo-guará. A nova cédula deverá entrar em circulação a partir do final de agosto. A previsão é que sejam impressas 450 milhões de cédulas de R$ 200,00 em 2020. Atualmente há notas de R$ 2, R$ 5, R$ 10, R$ 20, R$ 50 e R$ 100. O real tem duas famílias de notas, ambas igualmente válidas.

A segunda família foi criada para agregar elementos gráficos e elementos antifalsificação mais modernos. O BC vem recolhendo as notas da primeira família conforme sofrem desgaste e, assim, gradativamente, as notas da segunda família se tornam predominantes. As cédulas são caracterizadas por exibir a efígie da República de um lado e animais da fauna nacional de outro. A primeira família do real foi lançada em 1994, ao substituir o cruzeiro real. A segunda família, lançada em 2010, representa a evolução do real

Prefeitura de Santa Cruz e Hospital Municipal Aluizio Bezerra informa o Boletim Epidemiológico para esta quarta-feira (29)

A Prefeitura de Santa Cruz, através dos setores de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde e Hospital Municipal Aluizio Bezerra, informa o Boletim Epidemiológico para esta quarta-feira (29). Nas últimas 24 horas, 06 novos casos foram confirmados em Santa Cruz, mais 20 pacientes estão recuperados, além de mais casos suspeitos e descartados. O Hospital Municipal Aluizio Bezerra tem 03 pacientes internados em leitos clínicos. Reforçamos a importância do isolamento social, quando for possível, e as medidas de distanciamento social necessárias para o controle do Coronavírus em Santa Cruz.

População ouve estrondo e sente a terra tremer no interior do RN

Um tremor de terra de magnitude preliminar 2.1 mR foi registrado às 11h33 desta terça-feira (28) por estações sismográficas localizadas nos municípios de Pau dos Ferros e Paraú operadas pelo Laboratório Sismológico da UFRN no município de São Francisco do Oeste.

Segundo o blog de João Moacir, moradores de São Francisco do Oeste teriam escutado e sentido o estrondo no final da manhã. Há informações de que o evento também teria sido sentido pela população do município de Pau dos Ferros.

O Laboratório Sismológico já repassou todas as informações sobre o evento para a Defesa Civil do estado do Rio Grande do Norte.

O LabSis segue monitorando e divulgando toda atividade sísmica do Nordeste brasileiro em tempo real. Para mais informações sobre sismicidade, principalmente da região Nordeste, acesse: Sismos do Nordeste. Anexado no final desta publicação é possível acessar o registro do tremor pela estação sismográfica localizada em Paraú/RN (NBPA).

Fonte: Portal Grande Ponto

CategoriasRN

Governo do RN libera venda de bebida alcoólica em bares e restaurantes a partir da próxima semana

A partir do dia 5 de agosto bares e restaurantes poderão funcionar em todo o estado, inclusive com a venda de bebida alcóolica. A autorização está na Portaria Conjunta nº 15/2020, publicada no dia 27 de julho, pelo Gabinete Civil e Secretarias Estaduais de Desenvolvimento Econômico e de Saúde, e se refere aos segmentos do grupo Alimentação II, especificados na Fração 1 da Fase 3 do Plano de Retomada Gradual da Economia do Estado. Os estabelecimentos contemplados neste momento são os restaurantes, lanchonetes e food parks, com área acima de 300m², além dos bares e barracas de praia.

O documento traz observações especificas para os setor de foods park, que não poderão dispor de mesas e cadeiras em espaço superior a 300 m² para facilitar a sanitização e controle de acesso pelos usuários; e também devem indicar obrigatoriamente um responsável pelo empreendimento, que aplicará e fiscalizará a adoção do protocolo, respondendo perante aos órgãos de controle e fiscalização. Caso não seja identificado o responsável legal, os órgãos de fiscalização poderão determinar o esvaziamento e fechamento do espaço imediatamente.

Os bares e as barracas de praia também têm orientações particulares. Devem obedecer ao distanciamento mínimo de 2 metros entre as mesas, reforçando a higienização das mesmas e repetindo o procedimento para cada mesa encerrada e antes de receber novos clientes; e respeitar o limite máximo de 4 pessoas por mesa. O cliente somente poderá retirar a máscara para realizar as refeições.

Fecomércio disponibiliza protocolos para impressão

Além disso, os estabelecimentos devem seguir todos os protocolos (gerais e específicos) já divulgados pelo Executivo estadual para os setores que compõem o grupo Alimentação II e Bares, que podem ser acessados na plataforma criada pela Fecomércio RN, através do endereço fecomerciorn.com.br/cuidandodorn.

No site, o empresário pode pesquisar o protocolo do seu segmento, personalizar com os dados da sua empresa. O passo seguinte é enviar o documento preenchido para o e-mail analiseprotocolo@fecomerciorn.com.br e aguardar a validação da Fecomércio, que é praticamente imediata. Após o retorno da Federação, com o protocolo já referendado pela entidade, os empreendedores deverão imprimir o protocolo personalizado e deixar em local de fácil acesso e visualização em seu estabelecimento, podendo, inclusive, apresentá-lo em caso de fiscalização realizada pelos órgãos públicos.

Em caso do não cumprimento das regras, o estabelecimento está sujeito a interdição até a adequação às normas sanitárias. O responsável legal do estabelecimento poderá ser responsabilizado na esfera penal por crime contra a saúde pública.

CategoriasRN