Empresas de pesquisa de opinião alertam para fraude eleitoral


TSE - Tribunal Superior Eleitoral
Urna eletrônica

Agência Brasil.

A Operação Leão de Neméia, do Ministério Público do Estado de Goiás (MPE-GO), investiga fraude nas pequisas eleitorais. Na última quinta-feira (5), A Polícia Civil de Goiás cumpriu quatro mandados de busca e apreensão em Goiânia e na cidade vizinha Aparecida de Goiânia contra empresa que “produziu e divulgou 349 pesquisas suspeitas em 191 dos 246 municípios goianos”, segundo nota do MPE-GO.

De acordo com a Operação Leão de Neméia, a empresa cometeu crimes em campanhas eleitorais municipais, e os responsáveis, além de pagar multa, poderão ser presos por seis meses a um ano. As eleições ocorrem no próximo domingo (15) em 5.568 municípios.

“As fraudes consistem em produzir pesquisas que não refletem a realidade das intenções de voto dos eleitores, com desobediência dos requisitos exigidos na legislação eleitoral, em bairros inexistentes e com oferta criminosa de manipulação de dados em favor de candidatos”, descreve a nota do Ministério Público de Goiás.

A iniciativa do MPE-GO atendeu ofício circular do Ministério Público Federal, que anexava planilha elaborada pela Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa (Abep), com lista de nomes e endereços de empresas que informavam ter realizado pesquisas eleitorais com recursos próprios no ano de 2020.

Segundo a planilha, essas empresas registraram quase 1.300 pesquisas na Justiça Eleitoral até a terceira semana de agosto, valor total até R$ 27 milhões. Sete de cada dez pesquisas registradas teriam sido custeadas com recursos das próprias empresas.

De acordo com a Apeb, o número de pesquisas autofinanciadas segue aumentando em todo o país. Até o dia 1º de novembro, das 7.334 pesquisas registradas, 4.741 indicavam ter financiamento próprio (64%).

(mais…)

Corregedor alerta aos candidatos que adotará rigor contra crimes eleitorais

des claudio santos

O vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), Desembargador Claudio Santos, concedeu uma entrevista coletiva à imprensa nesta terça-feira (3), na qual mandou uma mensagem de convocação aos candidatos a prefeito e vereador a agirem dentro da lei, para não correrem o risco de “ganhar e não levar” em caso de serem eleitos e responderem por crimes eleitorais.

A coletiva foi aberta com uma mensagem do corregedor direcionada aos candidatos. “A minha palavra nesta coletiva é convocar, concitar, exortar aos protagonistas verdadeiros da eleição, que são os candidatos a vereador e a prefeito, para que eles possam se portar dentro das balizas legais e que tenham na busca do voto a observância permanente dos limites das leis que regem as Eleições Municipais”, afirmou Claudio Santos. “Há uma estrutura de controle da polícia, do Ministério Público, dos juízes eleitorais, dos funcionários da justiça na fiscalização dos atos de campanha. Não adianta ganhar e amanhã não levar”, disse o corregedor.

Ao ser provocado pela imprensa, o Desembargador Claudio Santos também informou como está o andamento da Operação Rei de Judá, que afastou o prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira e servidores do município. O magistrado, que é relator do processo, esclareceu que uma vez decidido pelo afastamento do prefeito, o processo se encontra com o Ministério Público Eleitoral e que, por enquanto, não há pedido para suspender ou impedir a candidatura à reeleição do Joaz Oliveira.

“Ele está afastado como prefeito porque parece, a princípio ainda de forma liminar, que a permanência dele na administração municipal estaria desequilibrando as oportunidades entre os candidatos. A justiça tem o dever de permitir a todos os candidatos a mesma oportunidade. Então, não é permitido na reeleição se utilizar da máquina pública para fins eleitorais”, enfatiza.

“No decorrer do processo outras evidências poderão ser esclarecidas pela defesa ou ainda mais acentuadas pelo Ministério Público. Esse é um caso emblemático em que não cabia outra alternativa à Justiça Eleitoral”, comentou Claudio Santos.

Para finalizar, o vice-presidente do TRE-RN ressaltou que “a Justiça Eleitoral está evoluindo e está a cada dia mais rigorosa na apuração e na aplicação da lei”. O magistrado fez um apelo para que as eleições sejam tranquilas, ocorram dentro da lei e que os candidatos possam disputar o voto do eleitor da maneira mais democrática possível. “Nós estamos a 12 dias das Eleições. Exortamos os candidatos a conquistarem os votos de maneira legal, com franqueza, cada um mostrando seus projetos, o que tem feito ou o que vai fazer. As críticas entre os candidatos são normais. Não são aceitáveis as críticas contra a honra pessoal. Nós estamos em uma democracia e a campanha deve existir, mas dentro da lei”, disse.

Ezequiel participa da maior carreata da história de Parelhas (RN), ao lado de Dr. Tiago

A candidatura de Dr. Tiago Almeida (PSDB) rumo à Prefeitura de Parelhas (RN) ganha cada vez mais força. Neste domingo (08), quem esteve no município para fortalecer ainda mais o projeto foi o presidente do PSDB no Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira. Foi a maior mobilização desta campanha em Parelhas.

“Dr. Tiago tem a confiança do povo de Parelhas, porque é um médico com muitos serviços prestados a este município. Na Prefeitura, terá à sua total disposição o nosso mandato para juntos buscarmos melhorias para a população parelhense”, disse Ezequiel.

Dr. Tiago é líder de intenção de votos nas pesquisas divulgadas até agora. Segundo o Instituto AgoraSei, o candidato teria 45% dos votos válidos contra 33,3% de Alexandre Petronilo, uma diferença superior a 11 pontos.Pesquisa foi registrada no TRE-RN sob número RN-02800/2020 com margem de erro de 4.8 pontos percentuais.

Na região do Seridó potiguar, Ezequiel tem atuado junto ao ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, a favor da conclusão da barragem de Oiticica e da recuperação da barragem das Traíras. Além disso, também trabalha a favor do Projeto Seridó, que garantirá água para a região.

Lajes Pintadas, RN tem mais eleitores do que habitantes

Informações do Diário lajespintadense.

A cidade de Lajes Pintadas-RN, continua com mais eleitores do que a população em geral no pleito eleitoral desde ano de 2020. Ao todo, são 4.884 eleitores aptos e 4.763 habitantes, 121 eleitores a mais. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o IBGE.

Na Região do Trairi, Lajes Pintadas e Japi tem mais eleitores do que habitantes. No Rio Grande do Norte em geral, são 30 cidades nessa mesma situação.

DL comenta: O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) fez há 3 anos, a Revisão Biométrica Obrigatória, com todo eleitorado no município de Lajes Pintadas-RN, justamente para coibir esse tipo de situação. Afinal de contas, para que serviu essa Biometria? É só uma pergunta.

ELEIÇÕES 2020: Bom jesus recebe a maior Carreata da história

Do Blog Emerson Miguel.

A cidade de Bom Jesus presenciou neste sábado (07), a maior carreata política realizada no município, e confirmou vitória da coligação “Unidos para seguir avançando” encabeçada pelo atual prefeito Clecio Azevedo e vice Chagas (PSDB).

Mais de 400 carros percorreram às principais ruas da cidade, com um prévio comício na praça dos quisoques.

Na oportunidade Clécio, falou da importância de Bom Jesus, se manter no bom caminho da gestão eficiente. “É importante que todo morador da cidade renove o mandato de nossa gestão para que o trabalho e o compromisso sério continuem. Vamos à vitória com muito trabalho e serviços prestados, e fazer muito mais pelo povo de Bom Jesus”, disse.

ELEIÇÕES 2020: Em Sítio Novo, Edilson Junior e Lucinalva realizam a maior passeata já vista no município

Do Blog Joel Rei.

Um momento pra ficar na história política do município de Sítio Novo foi registrado na noite deste sábado nas ruas e avenidas da cidade. Uma multidão vestida de AZUL acompanharam o prefeito Edilson Jr , a vice-prefeita Lucinalva Régia e demais candidatos da coligação em um desejo de querem continuar o trabalho que vem dando certo para mais 4 anos de administração.

A concentração aconteceu no início da cidade em frente a Igreja Matriz, de lá o TSUNAME AZUL desceu na maior passeata já vista em Sítio Novo até o largo de frente a sede da prefeitura onde foi realizado o comício.

Empolgados e felizes, a multidão gritava o nome do prefeito Edsilson Jr embalados pelas músicas da campanha. Já o prefeito era só felicidades, por onde a passeata passava, populares o cumprimentavam e acenavam para Edilson Jr com um sinal positivo de que ele merece continuar o trabalho de compromisso que vem fazendo para o desenvolvimento do município.

Em seu discurso, Edilson Jr falou da batalha árdua que enfrentou para tirar o município do inadimplência deixada pela ex-prefeita Wanira Brasil, e frisou que muito do que já foi feito em sua gestão, vai melhorar nos próximos quatro anos. Disse ainda que, Sítio Novo está pronta para ser reconstruída e que ele está mais preparado do que nunca para tal desafio.

“Nestes últimos foram árduos e de dificuldades para tirarmos nosso município da inadimplência , pois não tínhamos como receber recursos devido as situações deixadas pela gestão da ex-prefeita Wanira Brasil. Mais limpamos tudo, agora Sítio Novo está preparada para um futuro próspero, vamos reconstruir nossa cidade nos próximos quatro anos dando melhor qualidade de vida e desenvolvimento para nosso povo”, enfatizou o prefeito.

 

Piloto Matheus Barbosa morre após grave acidente de moto em Interlagos

Matheus Barbosa morre em acidente durante etapa do Superbike Brasil em Interlagos

Agência Brasil.

Domingo de luto no motociclismo nacional. Morreu neste domingo (8) o piloto Matheus Barbosa, de 23 anos, natural de Anápolis (GO), após grave acidente no Autódromo de Interlagos (São Paulo), durante a quinta etapa do SuperBike Brasil, a principal categoria de motovelocidade do país. Matheus perdeu o controle da moto na curva da Junção e bateu direto no muro a toda a velocidade. Ele chegou a ser atendido pela equipe médica na pista, mas não resistiu.

Após o acidente, a bandeira vermelha foi acionada. Os  organizadores encerraram a corrida e cancelaram as demais  provas programadas para hoje (8) em Interlagos. Em comunicado no site oficial do SuperBike Brasil, a organização do evento se refere ao piloto da seguinte forma: “Matheus era um piloto altamente experiente e com títulos em sua carreira, entre eles de Campeão Brasileiro da SuperSport. Possuía todas as credenciais necessárias como piloto e atendia todos os rígidos protocolos de segurança em vigor. Dentre os mais de 350 pilotos do Campeonato Matheus contava, entre outras características psicológicas, com o mais rápido índice de resposta e reflexo atestado pelos exames psicotécnicos anuais, semelhantes aos realizados na aviação comercial civil”.

A morte do piloto goianiense deve reacender as críticas quanto à segurança de Interlagos para a realização de provas de motovelocidade. Há pouco mais de um ano, outros dois acidentes vitimaram os pilotos Maurício “Linguiça” Padulete e Danilo Berto, o primeiro em abril e o outro em maio de 2019. O campeonato chegou a ser suspenso, mas foi retomado em agosto, após adoção de procedimentos mais rígidos de segurança.

Biden lista prioridades: pandemia, crise, clima e igualdade racial

Biden e Kamala Harris comemoram vitória

R7.

A chapa vencedora das eleições nos EUA, formada pelos presidente eleito Joe Biden e a vice-presidente eleita Kamala Harris, lançou neste domingo (8) a plataforma online da transição presidencial e listou como principais desafios a pandemia, a crise econômica, o clamor por justiça racial e as mudanças climáticas.

“Estamos nos preparando para liderar no Dia Um, assegurando que a administração Biden-Harris é capaz de lidar com os desafios mais urgentes que enfrentamos: protegendo e preservando a saúde de nossa nação, renovando nossas oportunidades de ter sucesso, avançando na igualdade racial e enfrentando a crise climática”, publicou na internet o perfil oficial da transição, que teve sua mensagem republicada pelo presidente-eleito Joe Biden no Twitter.

Cantora Vanusa morre aos 73 anos

Vanusa Santos Flores

A cantora Vanusa faleceu na madrugada deste domingo (8), na casa de repouso em Santos (SP), onde estava morando há mais de 2 anos.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da artista disse que um enfermeiro percebeu que Vanusa estava sem batimentos cardíacos por volta das 5h30 da manhã. Imediatamente chamaram uma unidade móvel de pronto atendimento (UPA) que constatou insuficiência respiratória como a causa da morte.

Segundo a assessoria, Vanusa “ontem teve um dia muito feliz com a visita da Amanda, a filha mais velha. Cantou, brincou, riu, se alimentou bem”.

Nos últimos anos, a cantora teve depressão e ficou muito debilitada devido a problemas gerados pelo uso de medicamentos tarja preta em excesso. De agosto a setembro deste ano, esteve internada no Complexo Hospitalar dos Estivadores.

O filho caçula Rafael Vannucci está viajando para São Paulo para tratar dos trâmites do enterro e mais informações serão repassadas no final do dia.

Apagão: Justiça determina retorno da energia no Amapá em três dias

Neste domingo, o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, realizou uma visita técnica à subestação de Laranjal do Jari, no interior do Amapá, da empresa Linhas Macapá de Transporte e Energia, a fim de acompanhar as ações de

Agência Brasil.

A Justiça Federal do Amapá determinou, na noite de ontem (7), que a empresa multinacional Isolux restabeleça o fornecimento de energia elétrica em todo o estado no prazo de três dias. A decisão do juiz João Bosco Costa Soares da Silva fixa multa de R$ 15 milhões em caso de descumprimento.

Na terça-feira (3), um incêndio danificou os três geradores de eletricidade da subestação de energia da Isolux, em Macapá, gerando um apagão no estado, que também prejudicou o fornecimento de outros serviços, como água e comunicações. Até esse sábado, de acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), 65% do fornecimento de energia já havia sido retomado. “A situação vivenciada pela sociedade amapaense nos últimos dias é deveras calamitosa, surreal”, escreveu Silva.

O magistrado marcou uma inspeção judicial na subestação para terça-feira (10), para averiguar o andamento das obras de reparação e o cumprimento parcial da decisão. De acordo com o documento, a Isolux deve apresentar em até 12 horas um plano de ações para o restabelecimento do serviço.

Também em um prazo de 12 horas, deve ser constituído um grupo de trabalho com MME, Eletrobras, Eletronorte, Isolux e Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) para estabelecer os procedimentos para solução da crise energética. Além disso, foi ordenada a instauração de um inquérito do Tribunal de Contas da União (TCU) e Polícia Federal (PF) para apurar o caso.

Na decisão, o juiz faz críticas ao governo federal ao se responsabilizar pelo controle da crise e questiona o sistema de fiscalização federal da Eletronorte sobre a empresa contratada, responsável pela subestação. “A atual reparação de danos está sendo capitaneada apenas pelo governo federal, sem que haja qualquer ônus para a contratada e responsável pela subestação, empresa privada Isolux, o que configura, inclusive, hipótese de improbidade administrativa e crime”, diz o magistrado.

De acordo com a decisão, a Isolux deve ressarcir os entes públicos pelos recursos gastos no restabelecimento dos serviços e que eram obrigações contratuais da empresa. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e a Eletronorte também devem aplicar as sanções à empresa concessionária em decorrência de “eventual conduta negligente ou dolosa” e apresentar à Justiça, em até cinco dias, a comprovação de que fiscalizaram regularmente o contrato com a Isolux. Também deve ser apresentado o contrato e montantes pagos nos últimos 12 meses entre a Eletronorte e a Isolux e a empresa responsável pela fiscalização.