Parte de falésia desaba na Praia de Pipa (RN) e deixa 3 mortos, diz PM

Vídeo mostra banhistas tentando socorrer as vítimas

R7.

Parte de uma falésia em praia de Pipa, no litoral do Rio Grande do Norte, desabou na manhã desta terça-feira (17). Três pessoas ficaram soterradas e a Polícia Militar confirmou as mortes.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que banhistas tentam socorrer as vítimas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as vítimas seriam um casal e uma criança.

Três viaturas, juntamente com uma ambulância, foram enviadas ao local para prestar socorro às vítimas.

As candidatas laranjas do Rio Grande do Norte

O registro de uma candidatura de fachada, chamada de laranja é um crime contra a democracia.  A falsa candidatura corresponde a fraude do sistema eleitoral para obtenção de vantagem ilícita na disputa pelo poder e envolve estratégia partidária, trapaça e muitas vezes corrupção.  É uma encenação social na maioria das vezes com a finalidade de burlar as cotas eleitorais do gênero prevista em lei ou desviar dinheiro público destinado apoiar candidaturas de mulheres para favorecer candidatos específicos. (Juliana Romão)

Em 17 de setembro de 2019, o Tribunal Superior Eleitoral, cassou o mandato de seis vereadores da cidade de Valença, no Estado do Piauí, bem como declarou a inelegibilidade das candidatas que ocasionaram a ocorrência da infração reconhecida, com a declaração de nulidade de votos e determinação de recontagem total, em razão de novo quociente eleitoral, tendo em vista a ocorrência de fraude para preenchimento de quota de gênero.

O Ministro Roberto Barroso, atual presidente do TSE, entendeu que, comprovada a fraude, a consequência deve ser a cassação de todos os candidatos do partido ao cargo de vereador, independentemente da prova de sua participação, ciência ou anuência, por entender que alínea contrária, impediria que se produza uma atitude de autenticidade na composição de chapas que respeitem 30% da quota de gênero.  Afirma que para a aplicação da sanção de cassação do registro ou diploma, basta que a prática do ilícito tenha beneficiado os candidatos, afinal, nenhum candidato pode pretender se candidatar e ter seu registro de candidatura deferido, sem que o partido preencha determinados requisitos.

Em vários Municípios do Estado do Rio Grande do Norte, alguns partidos políticos tentaram burlar a legislação eleitoral vigente, e inseriram em seus registros, candidatas laranjas, que obtiveram ZERO voto no pleito de 15 de novembro de 2020, conforme dados abaixo:

CEARÁ MIRIM

PSB elegeu o vereador Marcos Farias, mas registrou as candidaturas de Anaci Pereira de Oliveira e Valdilaine Cruz de Lima que não obtiveram votos.

CURRAIS NOVOS

DEM elegeu para o cargo de vereador Professor Marquinhos, mas a candidata Arituza Costa de Azevedo, obteve ZERO voto.

EXTREMOZ

REPUBLICANOS conseguiu conquistar uma cadeira no Legislativo para o candidato Alysson Kleyton Oliveira da Silva (Godô), mas a sua companheira Magna Medeiros não obteve um único voto.

ITAÚ

PSB elegeu 04 vereadores: Lalá Maia, Paulo MoreiraFerrim Melo e Arivan Brasil, mas a candidata Antônia Ribeiro de Bessa não obteve voto.

MONTE DAS GAMELEIRAS

PSDB elegeu os candidatos: Geraldo Gomes e Bianca Pontes, mas a companheira de partido Leia Rodrigues do Nascimento zerou em sua contagem de votos.

SANTA MARIA

REPUBLICANOS conseguiu eleger dois candidatos: Marcelo de Neguinho e Geninho da Vila, mas a candidata Fátima Macêdo não conquistou um único voto.

SÃO BENTO DO TRAIRI

PSD elegeu 06 vereadores: VanderleyEduardo ProfessorJailson SilvaJuju de João Grande, Pedro dos Santos e Chagas do Camelo, mas as candidatas Raiane de Renê Edilaine Farias não obtiveram voto.

PSDB conquistou 02 cadeiras na Câmara Municipal: Edinho de Nininha Nora, mas as suas colegas partidárias: Jaiane Pessoa e Juliana de Pedro não foram votadas.

Cabe agora ao Ministério Público Eleitoral ou aos partidos políticos adotarem as providências legais para cassar os mandatos dos vereadores eleitos, cujos partidos serão penalizados pela lei.

Do Blog Robson Pires

ELEIÇÕES 2020: Confira a relação completa de prefeitos eleitos no Rio Grande do Norte

Acari – Fernandinho Bezerra (SD)

Assu – Dr. Gustavo (PL)

Afonso Bezerra – Neto de Zoraide (PT)

Água Nova – Ronaldo Souza (DEM)

Alexandria – Jeane Ferreira (PSD)

Almino Afonso – Jessica Amorim (MDB)

Alto do Rodrigues- Nixon Baracho (DEM)

Angicos- Pinheiro Neto (MDB)

Antônio Martins – Jorge Fernandes (PSD)

Apodi – Alan Silveira (MDB)

Areia Branca – Iraneide Rebouças (PSDB)

Arês – Bergson Iduíno (Republicanos)

Campo Grande – Bibi de Nenca (MDB)

Baía Formosa- Camila Melo (Republicanos)

Baraúna – Divanize Oliveira (PSD)

Barcelona – Fabiano de Vavá (PSD)

Bento Fernandes – Júnior Marques (MDB)

Bodó – Marcelo Filho (PSD)

Bom Jesus – Clécio Azevedo (PSDB)

(mais…)

Beneficiários do Bolsa Família recebem hoje 3ª parcela de auxílio

Fila para entrada em agência da Caixa, em Brasília.

Agência Brasil

A Caixa realiza hoje (17) o pagamento de R$ 423,3 milhões referente à terceira parcela do Auxílio Emergencial Extensão para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final do Número de Identificação Social (NIS) 1.

Ao todo, mais de 16 milhões de pessoas cadastradas no programa Bolsa Família foram consideradas elegíveis para a segunda parcela do Auxílio Emergencial Extensão e receberão, no total, R$ 4,2 bilhões durante o mês de novembro.

Para quem tem o Bolsa Família nada muda. O recebimento do Auxílio Emergencial Extensão atende aos mesmos critérios e datas do benefício regular, permitindo a utilização do cartão nos canais de Autoatendimento, Unidades Lotéricas e correspondentes Caixa Aqui; ou por crédito na conta Caixa Fácil.

Para o pagamento do auxílio, os beneficiários do Bolsa Família tiveram avaliação de elegibilidade realizada pelo Ministério da Cidadania – conforme Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020 – e recebem o valor do Programa Bolsa Família complementado pela extensão do auxílio emergencial em até R$ 300 ou em até R$ 600, no caso de mulher provedora de família monoparental.

Se o valor do Bolsa Família for igual ou maior que R$ 300 ou R$ 600, o beneficiário receberá o valor do Bolsa Família, sempre privilegiando o benefício de maior valor.