Parabéns Tangará 62 anos de emancipação política

No início do século XX, no entroncamento das estradas de rodagem que ligavam a capital do Rio Grande do NorteNatal, às cidades de Santa Cruz e São José do Campestre; próximo a um afluente do Rio Trairi, teve início um pequeno povoado denominado ‘Estação de Riacho’, integrante do município de Santa Cruz.

No local, até então, existiam esparsas e rústicas taperas, abrigo de não muitas famílias que subsistiam da débil atividade pastoril e do cultivo do algodão, típicas da região.

No ano 1914, as melhorias iniciadas pelo governo estadual na rodovia para Santa Cruz geraram a possibilidade de exploração de pequenos comércios no entroncamento rodoviário, o que atraiu novos moradores, dando impulso ao crescimento ao povoado. A conclusão da estrada, no ano de 1917, facilitou o escoamento da crescente produção algodoeira que tanto viria a ajudar no desenvolvimento do povoado e da região.

Nas décadas seguintes, migraram para o povoado alguns moradores como Antônio Lula, João Ataíde de Melo, Sebastião Barreto e outros que vieram a fazer a história político-social do lugar e a contribuir com as primeiras iniciativas na produção de alimentos semi-industrializados, como panificação e laticínios. Entretanto, maior desenvolvimento econômico e social só viria a ocorrer com a implantação de duas usinas de descaroçamento e beneficiamento do algodão, ambas de iniciativa privada, em meados do século XX.

Nessa época, por iniciativa do major Teodorico Bezerra, agropecuarista e cacique político de grande influência na região, o nome do povoado foi mudado para Tangará, nome de um pássaro que costuma andar aos saltos, por isso, chamado pássaro pulador.

No dia 26 de novembro de 1953, pela Lei nº. 931, o povoado foi alçado a condição de distrito, o que lhe deu relativa autonomia política. Somente em 31 de dezembro de 1958, através da Lei n.º 2.336, Tangará foi desmembrado de Santa Cruz e elevado à categoria de município do Rio Grande do Norte (Brasil), ato consumado com a instalação do seu primeiro governo municipal, no dia 28 de janeiro de 1959.

Escola Estadual Severino Bezerra emite nota de pesar pelo falecimento do professor Otacílio Barreto

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do nosso querido Professor (aposentado) Otacílio Barreto Neto.

Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Que a luz e o amor divino pairem sobre a alma de quem sofre esta imensurável perda, e os console e lhes dê serenidade para atravessar esta tempestade. A Deus pedimos também que dê a ELE o merecido repouso eterno em seu reino.

Cerimônia de posse do novo prefeito de Serra Caiada será nesta sexta-feira (01/01)

A cerimônia de posse do novo prefeito Joãozinho Furtado, assim como a cerimônia de posse do Poder Legislativo, serão transmitidas através das redes sociais de Prefeitura Municipal de Serra Caiada.

Tomba ressalta trabalho dos deputados que não integram a base do Governo

O deputado estadual Tomba Farias (PSDB) se pronunciou na sessão desta terça-feira (29), na sessão ordinária da Assembleia Legislativa, para fazer uma prestação de contas sobre o trabalho da oposição na Casa. O parlamentar se referiu ao posicionamento dos deputados que não integram a base do Governo, que sempre se disponibilizaram a votos favoráveis quando se tratava de temas de importância para o Estado.

“Sempre estive na linha de frente e nunca fugi das minhas responsabilidades”, afirmou o deputado, ressaltando o esforço da Casa e dos deputados que compõem a base da oposição em relação a projetos “para salvar o Rio Grande do Norte”.

O parlamentar encerrou o discurso fazendo agradecimentos e desejando um novo ano de saúde. “Que essa pandemia vá embora o mais rápido possível e que a gente volte a se abraçar e se falar”, concluiu Tomba Farias.

Vivaldo Costa solicita que prefeitos eleitos priorizem a Saúde em 2021

Durante pronunciamento na Sessão Plenária desta terça-feira (29), no horário dos deputados, o parlamentar Vivaldo Costa (PSD) fez um apelo aos prefeitos eleitos no Rio Grande do Norte para que priorizem à Saúde e o combate ao desemprego no Estado.

“O mundo inteiro está envolvido com a pandemia e, no Brasil, não está diferente. Muitas pessoas adoecendo recentemente, devido à segunda onda da Covid-19. Por isso, eu gostaria de dar um conselho aos que se elegeram para 2021: vamos cuidar da Saúde da população, com foco principalmente no enfrentamento à Covid-19. O prefeito eleito não vai ter recursos suficientes para fazer obras, até porque estará limitado pela Lei nº 173, então ele tem que se concentrar mesmo é na Saúde”, explicou Vivaldo.

O deputado lembrou que todas as cidades do RN possuem Postos de Saúde e que o Programa “Mais Médicos” tem condições de dar uma boa assistência básica à população.

“Então eu espero que os prefeitos consertem os erros que existiram nas Unidades Básicas de Saúde, como a mau atendimento, a falta de médicos, dentistas e enfermeiros, enfim, que priorizem realmente a Saúde”, pediu.

De acordo com Vivaldo Costa, outro problema grave é o desemprego, que, segundo ele, já era endêmico no Brasil antes mesmo da pandemia do novo Coronavírus.

“Precisamos que os prefeitos priorizem também o combate ao desemprego. Mas não é empregando as pessoas na prefeitura. Eu aconselho que os gestores municipais capacitem os jovens desempregados, oferecendo cursos de pedreiro, carpinteiro, mecânico, garçom. Para as mulheres, curso de bordadeira, costureira, artesanato. Enfim, que eles proporcionem as condições para as pessoas ingressarem no mercado de trabalho. Tem que haver uma alternativa para esses cidadãos, porque nunca o nosso povo esteve tão pobre e nunca o problema do desemprego foi tão grave no nosso Rio Grande do Norte e no Brasil”, alertou.

Por fim, o parlamentar resumiu seus conselhos e pedidos aos prefeitos eleitos para 2021 nos municípios do Estado.

“Então essa é a minha sugestão e meu pedido para vocês, futuros prefeitos: vamos melhorar a Saúde. Hoje já existem muitos mecanismos para se prestar assistência médica à população mais pobre, diferentemente da época do Governador Lavoisier Maia, que realizou um grande feito levando um médico para cada município do Estado. Agora é a vez de todos os novos prefeitos do RN e do Brasil darem assistência adequada à população, principalmente contra a Covid-19”, concluiu.

Orçamento do RN para 2021 é aprovado com 428 emendas parlamentares

Com uma proposta orçamentária em torno de R$ 13,2 bilhões em receitas e um déficit de cerca de R$ 920 milhões, foi aprovada, pelos deputados estaduais, a proposta de Lei Orçamentária Anual para 2021, do Governo do Estado, na sessão plenária desta terça-feira (29). A proposta foi aprovada à unanimidade dos parlamentares, com 19 votos favoráveis. Também foi aprovado destaque proposto pelo deputado George Soares (PL), mantendo os 15% solicitados pelo Executivo para o remanejamento de recursos. A sessão foi iniciada pela manhã, transcorreu pela tarde e ocorreu de forma híbrida, com os parlamentares do grupo de risco à covid-19 participando de forma remota.

O deputado Getúlio Rêgo (DEM), relator da matéria, fez a leitura de seu relatório expondo os percentuais propostos para as áreas prioritárias, assim como enalteceu a iniciativa dos parlamentares na destinação de recursos para setores que julgaram importantes. Ao todo, 428 emendas foram encartadas. O relator também externou o agradecimento aos colegas parlamentares e assessores da CFF pelo empenho na elaboração do documento. Ao presidente da comissão, deputado Tomba Farias (PSDB), Getúlio Rêgo destacou sua interlocução com o Governo em busca de mais informações para subsidiar a análise da matéria.

Durante a apresentação do relatório, o deputado fez um amplo panorama sobre a situação financeira do Estado e elogiou o percentual destinado para a pasta da Segurança Pública (16,64%, ou R$ 1,357 bilhão), acima do exigido constitucionalmente, mas ponderou que esperava mais recursos para a área de Saúde. “Infelizmente, com a Saúde (13,22%, cerca de R$ 1,320 bilhões), o Governo não foi tão sensível como deveria, pois estamos numa profunda crise no atendimento à saúde da população”, destacou o deputado. Os percentuais determinados por lei para Educação também foram superados, com previsão de R$ 2,4 bilhões para 2021, o equivalente a 25,66% do orçamento.

Durante seu voto, o deputado ainda destacou que o Rio Grande do Norte vive, em sua opinião, “uma escassez de expectativas quanto à ausência de recursos novos”, e comparou o estado com o Ceará. De acordo com os dados apresentados, o Rio Grande do Norte possui apenas um processo referente a crédito externo, no valor de R$ 186 milhões, enquanto o Ceará possui registro de diversas operações que totalizam mais de R$ 1,6 bilhão.

Alguns pontos foram alvo de polêmica, como o montante de R$ 19,35 milhões destinados à Comunicação e Publicidade. O deputado Nelter Queiroz (MDB) e deputado Coronel Azevedo (PSC) criticaram o valor.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), parabenizou o relator da matéria na Comissão de Finanças e Fiscalização e aos demais membros e assessores da Comissão pelo trabalho e dedicação na elaboração do relatório. “O deputado Getúlio Rêgo (DEM) usou toda sua competência e capacidade técnica, por isso quero saudá-lo e a todos que se dedicaram, dia e noite, para concluir com muita competência esse trabalho”, afirmou.

Ontem (28), o relatório foi aprovado à unanimidade dentro da comissão. Getúlio explicou que, através das emendas individuais, serão destinadas principalmente as obras de infra-estrutura, como pavimentação, drenagem, ampliação e reforma de unidades de saúde, destinação de recursos para instituições de reconhecido interesse público, entre outras áreas que incluem municípios não contemplados com a proposta original.

Remanejamento

No relatório aprovado pela Comissão de Finanças, houve a redução no limite de remanejamento proposto pelo Executivo, que era de 15% para a despesa total e mais 15% especificamente para a despesa com pessoal. A comissão aprovou a modificação em 10% para a despesa total e mais 10% para a folha. Contudo, o líder do Governo, deputado George Soares (PL), pediu destaque nas modificações para que fosse votado o retorno ao texto original, retomando os 15%.

Antes da votação, o deputado Gustavo Carvalho (PSDB) criticou a proposta original do Governo do Estado. “Não podemos entregar nosso poder ao Poder Executivo nem nos ajoelharmos diante dele com 30% de remanejamento que faça com que nossa Casa não exista”, avaliou. Para José Dias (PSDB), “o Governo não deveria ter cometido esse golpe tão baixo, com autorização excessiva de remanejamento na mão da governadora”.

Na votação ostensiva, a maioria dos deputados aprovou a proposta de George Soares, com as exceções dos deputados Galeno Torquato (PSD), Getúlio Rêgo, Gustavo Carvalho, José Dias e Tomba Farias (PSDB), que preside a Comissão de Finanças.

Articulação

Tomba Farias, por outro lado, elogiou a capacidade de agregar do líder governista em momento de muitas dificuldades. “Atuamos sempre procurando soluções e que aqui fosse apresentado o melhor para o Governo e para aqueles que estão precisando de uma administração à altura. Procuramos dar ao Governo oportunidade para sanear problemas graves nos seus pagamentos e dizer que mesmo com oposição, nos unimos para votar hoje projetos que o Governo tanto clamava para seu caminhar”, disse Tomba Farias, que também enalteceu o trabalho da comissão.

“Destaco o esforço de toda a equipe para apreciar e aprovar essa peça, principalmente diante das dificuldades impostas pela pandemia. Quero também lembrar ao Governo do Estado, que mais uma vez fizemos a nossa parte e pedir a governadora, que depois de tantos cheques em branco que demos a ela, que se lembre do RN”, destacou.

Nas últimas 24 horas, 32 casos foram confirmados para Covid-19 em Santa Cruz/RN

A imagem pode conter: texto que diz "SANTA CRUZ NO COMBATE AO CORONAVÍRUS BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO DE COVID-19 DATA: 09/12/2020 CASOS CONFIRMADOS: 1476 CASOS SUSPEITOS: 1724 CASOS DESCARTADOS: 3250 CASOS RECUPERADOS: 712 CASOS INCONCLUSIVOS: 75 ÓBITOS: 33 os NÚMEROS DESSE BOLETIM SÃO BASEADOS REGISTROS DA SECRETARIA MUNICIPAL SAUDE 19H00 DESTE DIA SantaCruz Prefeturad #fique mcasa"

A Prefeitura de Santa Cruz, através dos setores de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde e Hospital Municipal Aluizio Bezerra, informa o Boletim Epidemiológico para esta terça-feira (29). Nas últimas 24 horas, 32 casos foram confirmados para Covid-19 em Santa Cruz, e foram registrados casos descartados e suspeitos. O Hospital Municipal Aluizio Bezerra tem 03 pacientes internados em leitos clínicos. Reforçamos a importância do isolamento social, quando for possível, e as medidas de distanciamento social necessárias para o controle do Coronavírus em Santa Cruz.

Covid-19: Brasil registra 1,1 mil mortes e 58,7 mil casos em 24 horas

Situação epidemiológica da covid 19 no Brasil /29.12.2020

Autoridades de saúde registraram, nas últimas 24 horas, 1.111 novas mortes e 58.718 novos casos de covid-19 no Brasil. A última vez que o país havia batido os mil óbitos diários foi no dia 17 deste mês e, antes disso, em 30 de setembro.

As informações foram divulgadas pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (29), com atualização até às 16h30. O balanço reúne dados levantados pelas secretarias estaduais de saúde.

Com as novas mortes acrescidas às estatísticas, o total de óbitos em função da pandemia sobe para 192.681. Ontem (28), o sistema do Ministério da Saúde marcava 191.750 óbitos. Ainda há 2.508 falecimentos em investigação.

A soma de casos acumulados chegou a 7.563.551 com os novos diagnósticos registrados nas últimas 24 horas. Até ontem, o painel de dados trazia 7.504.833 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

Os dados do ministério apontam também 723.332 casos ativos em acompanhamento por profissionais de saúde e 6.647.538 pessoas que já se recuperaram da doença.

Em geral, os registros de casos e mortes são menores aos domingos e segundas-feiras em razão da dificuldade de alimentação dos dados pelas secretarias de saúde aos fins de semana. Já às terças-feiras, os totais tendem a ser maiores pelo acúmulo das informações de fim de semana que são enviadas ao ministério.

Zenaide destina R$ 11 milhões para o IFRN: “Educação é prioridade!”

Na semana em que se comemoram os 12 anos da criação dos Institutos Federais, pela Lei 11.892/2008, a senadora Zenaide Maia (Pros) deu uma boa notícia para a educação profissional do Estado: R$ 11 milhões em emendas parlamentares para todos os campi do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). “Educação é prioridade, gente! Não há futuro sem ensino público de qualidade para todos e não se faz isso sem recursos, portanto, fico feliz em poder colaborar com esses recursos para o IFRN, que é nossa referência em formação profissional de nível superior”, disse a senadora, após reunião com o reitor, José Arnóbio, e outros representantes do Instituto, na última segunda-feira (28), em seu gabinete, em Natal.

Zenaide felicitou o novo reitor, nomeado após um período de oito meses de espera. “Agora, com a posse do reitor eleito democraticamente, o IFRN tem o clima institucional normalizado para continuar com as obras nos campi e outros projetos desejados pela comunidade acadêmica. Desejo todo o sucesso para o professor Arnóbio!”, cumprimentou a parlamentar. Entre os projetos contemplados pelas emendas de Zenaide Maia, está o do uso de nanotecnologia para a produção de satélites e o de construção do Centro de Gemologia do CT Mineral de Currais Novos. “Defendo que o Centro fique em Currais Novos, pois é um projeto importantíssimo para agregar valor à cadeia de produção mineral da região”, finalizou Zenaide.

Confira a lista dos valores destinados pela senadora ao IFRN, por campus:

Ministério da Saúde: vacinação poderá começar em 20 de janeiro

Elcio Franco, secretário executivo do Ministério da Saúde.

Agência Brasil.

A vacinação contra a covid-19 pode começar no dia 20 de janeiro, segundo o Ministério da Saúde. Se não for possível, em um cenário “médio”, a imunização poderia ter início entre esta data e 10 de fevereiro. Em um cenário menos favorável, a vacinação no Brasil poderá ocorrer a partir de 10 de fevereiro.

A projeção foi apresentada pelo secretário executivo da pasta, Élcio Franco, em entrevista coletiva hoje (29) na sede do órgão, em Brasília. Franco destacou que o melhor cenário depende de uma conjunção de aspectos, especialmente dos laboratórios com vacinas em desenvolvimento cumprirem os requisitos de registro, seja emergencial ou definitivo.

“Isso [a vacinação no dia 20 de janeiro] vai depender de uma série de fatores, inclusive de logística, e dos laboratórios estarem em dia com o seu processo de submissão contínua e do processo de registro com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Não depende de nós, depende do laboratório cumprir com a sua parte”, declarou.

Países como Estados Unidos, Reino Unido e nações da União Europeia já iniciaram planos de imunização contra a covid-19. Na América do Sul, a Argentina começou a aplicar um imunizante contra a doença em públicos prioritários.

Uma das opções cogitadas pelo Ministério da Saúde para a imunização da população brasileira é a vacina desenvolvida pela Pfizer – já autorizada nos Estados Unidos e na Europa. Mas até agora a empresa não deu entrada no pedido de autorização emergencial.

Ontem, a farmacêutica divulgou nota na qual afirmou que participou de reunião com a Anvisa no dia 14 de dezembro para “esclarecer dúvidas sobre o processo de submissão para uso emergencial” e que a solicitação não ocorreu até agora porque as “condições estabelecidas pela agência requerem análises específica para o Brasil, o que leva mais tempo de preparação.”

Segundo a Pfizer, entre as condições exigidas estaria o levantamento de dados sobre aplicação da vacina em brasileiros. Em agências de outros países, acrescentou a nota da empresa, a análise não faz distinções entre populações específicas.

A Pfizer argumentou que o processo demanda apresentação do quantitativo de doses, o que só poderia ser definido após a celebração de um contrato definitivo.

Caixa vai lançar programa de financiamentos de até R$ 2 mil

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, durante cerimônia alusiva à marca de 100 milhões de poupanças sociais digitais Caixa.

Agência Brasil.

O presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, disse nesta terça-feira (29) que a instituição vai lançar o que chamou de “programa de microfinanças”. A proposta, segundo ele, é ofertar financiamentos que variam de R$ 500 a R$ 2 mil para mais de 10 milhões de brasileiros, com taxas de juros entre 1,5% e 2,5% ao mês.

“São taxas muito menores de juros e que vão permitir que mais de 10 milhões de brasileiros tenham acesso ao crédito de maneira segura, rápida, sem precisar ir à agência. Isso reforça a bancarização e reforça o acesso dessa população mais carente ao setor financeiro”, explicou, durante entrevista ao programa Voz do Brasil, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Financiamento habitacional

Segundo Guimarães, algumas iniciativas já em andamento, como o Programa Casa Verde e Amarela, também passarão a ter sua operacionalização pelo celular por meio do aplicativo Caixa Tem.

“Todos os contratos desse programa serão, a partir do ano que vem, via aplicativo”, disse. Hoje, segundo estimativas da instituição, 4,5 milhões de brasileiros possuem algum tipo de contrato de habitação. “Vamos migrar esses e novos contratos serão feitos pelo aplicativo”, concluiu.

Serra Caiada: Prefeita Socorro dos Anjos entrega nova praça Levi Lins de Oliveira

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas dançando, pessoas em pé, pessoas no palco e atividades ao ar livre

Nesta terça-feira, 29 de dezembro, a prefeita Socorro dos Anjos Furtado fez o ato de entrega da nova praça Levi Lins de Oliveira, situada na avenida de mesmo nome, em homenagem ao saudoso prefeito.

A nova área de lazer do Bairro da Saudade, tem dois quiosques, entregues também as chaves e termo de concessão aos seus respectivos responsáveis ,pela Prefeita, durante a cerimônia.

A praça ainda conta com um coreto e o busto de Levi Lins.

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé

Familiares do saudoso prefeito, participaram da solenidade, juntamente com vereadores, prefeito eleito Joãozinho Furtado, o ex-prefeito Faustinho, e demais autoridades do município.

É mais uma importante obra entregue pela gestão da Prefeita Socorro dos Anjos.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé

Bolsonaro sanciona projeto que prevê repasse de R$ 58 bilhões a estados e municípios até 2037

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou um projeto para repassar R$ 58 bilhões até 2037 para estados e municípios, como compensação por perdas com a Lei Kandir.

A sanção do texto, aprovado em 14 de dezembro pelo Congresso, foi confirmada pela Secretaria-Geral da Presidência.

A chamada lei Kandir (1996) prevê a isenção de pagamento de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre as exportações de produtos primários ou semielaborados, como produtos agrícolas, carnes, madeira e minérios.

A legislação se tornou motivo de disputa ao longo dos anos, pois a contrapartida aos estados e municípios nunca havia sido claramente estabelecida. O Confaz (Conselho de Secretários de Fazenda) estima que as perdas chegavam, anualmente, ao valor de R$ 40 bilhões a R$ 50 bilhões.

O texto agora sancionado por Bolsonaro é resultado de um acordo homologado em maio no STF (Supremo Tribunal Federal) entre o governo federal e o Fórum Nacional de Governadores.

Pela nova norma, entre 2020 e 2030 serão entregues R$ 4 bilhões ao ano aos entes federados. De 2031 a 2037, o repasse cairá progressivamente em R$ 500 milhões ao ano. No total, de 2020 a 2037 serão transferidos R$ 58 bilhões.

O texto prevê que estados receberão 75% dos repasses totais, enquanto os municípios ficarão com 25%.

“Esse pagamento põe fim, agora, a um impasse que já dura mais de 20 anos, encerrando as disputas judiciais sobre o tema”, diz o comunicado da Secretaria-Geral. O Planalto não informou se houve algum veto ao texto, que deve ser publicado no Diário Oficial da União.

O governo também informou que Bolsonaro sancionou um projeto que aumenta a participação da União no FGO (Fundo Garantidor de Operações), utilizado no âmbito do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte). Junto à sanção, Bolsonaro editou uma Medida Provisória que abre crédito de R$ 10,1 bilhões, para viabilizar a integralização de cotas no FGO​.

Nessa proposta, o presidente vetou a revogação de um dispositivo que determinava que receitas provenientes do retorno de empréstimos do BNDES à União no âmbito do Programa Emergencial de Suporte a Empregos deveriam ser utilizados para pagamento da dívida pública.

“Tal revogação poderia impactar negativamente as fontes de receita exclusivas para a gestão da dívida pública federal, em uma conjuntura desafiante para sua gestão e para o equilíbrio da regra de ouro”, argumenta o Planalto.

“Com a sanção do Projeto, o Estado brasileiro reitera seus esforços para garantir a devida assistência à população em geral, de forma a mitigar os efeitos danosos da Covid-19 sobre a sociedade e a economia brasileiras, tendo em vista o estado de calamidade pública já reconhecido pelo Congresso Nacional”, afirma a nota da Secretaria-Geral.

FolhaPress

Prefeito Jorginho Bezerra entrega mais uma ação do seu governo, a Industria de Facção Têxtil CABUGI TANGARÁ

 

Do Blog Tangará Acontece.

Na manhã desta terça-feira (29), o prefeito de Tangará Jorge Eduardo de Carvalho Bezerra, entrega mais uma grande obra do seu mandato, 2017 a 2020, a abertura de uma indústria têxtil, na antiga CAMALEON.

O prefeito esteve acompanhado do seu Chefe de Gabinete Murilo Cabral, Assessor de Comunicação Alcides Geraldo e dos vereadores, Aluízio Vicente e Cezinha Barbosa. (veja às fotos e os vídeos embaixo).

A Empresa CABUGI TANGARÁ, conta hoje com 26 funcionários em treinamento, mais logo irá expandir para um número maior de funcionários, seu proprietário senhor Ronaldo, agradeceu o convite do prefeito Jorginho, para se estabelecer no município, onde já se tem uma mão de obra qualificada, como ressaltou o senhor Ronaldo a cultura fabril que o município oferece. A parceria CABUGI TANGARÁ e prefeitura tem tudo para dá certo gerando emprego e renda para várias famílias.

Na ocasião o prefeito Jorginho Bezerra, agradeceu as Confecções Guararapes que tem a frente o senhor Flávio Rocha, por ter conseguido esta facção, por ter mantido resgatar esta tradição da mão de obra tangaraense, Jorginho ainda ressaltou que hoje no município tem em torno de 400 pessoas treinadas e que em um futuro próximo possam ser aproveitadas.

Quero falar da parceria PREFEITURA E CONFECÇÕES GUARARAPES, que foi feita a sete, oito meses atrás, quero agradecer a você Ronaldo pelo seu empreendedorismo, pela sua capacidade de trabalho, e dizer que esta parceria prefeitura e empresa CABUGI TANGARÁ irá durar por muito tempo – Jorginho Bezerra.

OBS: A CABUGI TANGARÁ, vai estar funcionando nos dias 29 e 30 de dezembro de 2020, e só volta a funcionar a parti do dia 11 de janeiro de 2021.

Nas últimas 24 horas, 27 casos foram confirmados para Covid-19 em Santa Cruz/RN

A imagem pode conter: texto que diz "SANTA CRUZ NO COMBATE AO CORONAVÍRUS BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO DE COVID-19 DATA: 28/12/2020 CASOS CONFIRMADOS: 1444 CASOS SUSPEITOS: 1726 CASOS DESCARTADOS: 3183 CASOS RECUPERADOS: 712 CASOS INCONCLUSIVOS: 75 ÓBITOS: 33 os NÚMEROS DESSE BOLETIM SÃO BASEADOS REGISTROS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE 19H00 DESTE DIA Prefestura Santa Cruz #fique emcasa em"

A Prefeitura de Santa Cruz, através dos setores de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde e Hospital Municipal Aluizio Bezerra, informa o Boletim Epidemiológico para esta segunda (28). Nas últimas 24 horas, 27 casos foram confirmados para Covid-19 em Santa Cruz, e foram registrados casos descartados e suspeitos. O Hospital Municipal Aluizio Bezerra tem 05 pacientes internados em leitos clínicos. Reforçamos a importância do isolamento social, quando for possível, e as medidas de distanciamento social necessárias para o controle do Coronavírus em Santa Cruz.

PRF recupera veículo que havia sido roubado horas antes em Natal/RN

PRF recupera veículo que havia sido roubado horas antes em Natal/RN

A Polícia Rodoviária Federal recuperou, na manhã desta sexta-feira (25/12) no km 81 da BR 101, em Natal/RN, um veículo KA Flex, de cor vermelha, que havia sido tomado de assalto por volta das 05h00 da manhã.

O veículo foi encontrado às 06h30 abandonado no acostamento da rodovia com avarias decorrentes de colisão.

Ocorrência encaminhada à Delegacia da Polícia Civil de Plantão da Zona Norte em Natal/RN.

Santa Missa de ano novo em Tangará acontecerá da mesma forma que ocorreu na Missa do Natal

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto que diz "Dia31 23h/ Quinta SANTA MISSA DA MÃE DE DEUS LOCAL: IGREJA MATRIZ POR UM ANO NOVO CHEIO DE GRAÇAS E SAÚDE 十 COM"

A Santa Missa de ano novo, solenidade da Mãe de Deus acontecerá da mesma forma que ocorreu na Missa do Natal do Senhor. As 100 primeiras pessoas deverão chegar mais cedo e ocupar os lugares limitados dentro da matriz.

As demais ficarão na frente ou lateral da igreja acompanhando a celebração pelo telão, equipamento de som e cadeiras disponíveis.

Petrobras eleva valor diesel e gasolina nas refinarias a partir de amanhã

G1.

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (28) que o preço médio do diesel em suas refinarias será elevado em 4% e o da gasolina em 5%  a partir de amanhã (29). O aumento vem diante da alta do petróleo ocorrida nas últimas semanas e da desvalorização do real frente ao dólar nos últimos dias.

A alta é a segunda no preço dos combustíveis em duas semanas. A anterior foi em 15 de dezembro.

Agora, o preço médio do combustível mais vendido do país passará para R$ 2,02 por litro. No acumulado do ano, a redução é de 13,2%, de acordo com Petrobras.

Já o preço médio da gasolina Petrobras para as distribuidoras ficará em R$ 1,84 por litro, acumulando no ano uma redução de 4,1%.

Mesmo com a alta das cotações dos combustíveis da Petrobras amanhã, especialistas apontam a permanência de uma defasagem frente à paridade de importação.

“Faz cerca de três semanas que a Petrobras trabalha com defasagem de mais de 10 centavos em relação ao mercado internacional e segue bem próxima a esse nível mesmo com o ajuste de hoje”, disse chefe da área de óleo e gás da consultoria INTL FCStone, Thadeu Silva. “O ajuste atual foi menos da metade do necessário para termos paridade de importação”, acrescentou, comentando que tem ocorrido atrasos nos repasses do aumento do petróleo para os combustíveis da estatal brasileira.

O presidente da Associação Brasileira de Importadores de Combustíveis (Abicom), Sérgio Araújo, também frisou a defasagem nos valores frente ao mercado externo e disse que “as importações por agentes privados continuam inviabilizadas”.

Já Petrobras defende que seus preços seguem a “paridade de importação”, que tem impacto de fatores como câmbio e cotações internacionais do petróleo.

O repasse dos reajustes nas refinarias aos consumidores finais não é garantido, dependendo de diversas questões, como impostos, por exemplo.