Detran retoma atendimentos presenciais em quatro Centrais do Cidadão nesta segunda-feira (14)

 

Central do Cidadão de Parnamirim volta a emitir identidade

Serviços oferecidos pelo Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran) voltarão a ser realizados presencialmente a partir da próxima segunda-feira (14) nas Centrais do Cidadão dos municípios de Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e João Câmara, além da unidade situada na Zona Norte de Natal. A ampliação do atendimento presencial nas Centrais está sendo realizado de forma gradual e responsável, a fim de que todas as medidas de biossegurança e os protocolos sanitários possam ser aplicados satisfatoriamente, evitando riscos de contaminação do novo coronavírus.

A Secretaria de Estado da Administração (Sead), que  conduz o Programa das Centrais do Cidadão do Rio Grande do Norte, ressalta que, nesse momento, serão feitos apenas atendimentos previamente agendados. Os usuários somente poderão acessar às Centrais se apresentarem o documento comprobatório de agendamento do serviço. Além disso, todos que adentrarem nas unidades deverão respeitar às normas de segurança interna, realizar a devida higienização, evitar contato próximo, cumprindo o distanciamento social, e utilizar máscaras de proteção.

Na Central do Cidadão de Parnamirim, a qual já havia retomado os atendimentos presenciais para serviço do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), os usuários poderão procurar o Detran no horário das 08h às 14h. Inicialmente apenas os serviços de habilitação e clínica estarão disponíveis. A partir do dia 21 de setembro, serviços de registro e vistoria também poderão ser realizados no local.

Nas unidades de São Gonçalo do Amarante e da Zona Norte de Natal, todos os quatro serviços oferecidos pelo Detran (habilitação, clínica, registro e vistoria) já estarão sendo feitos a partir do dia 14 de setembro. Em São Gonçalo do Amarante, que também havia reaberto anteriormente para atendimentos do Itep, o horário de funcionamento é também das 7h às 13h. Já a unidade de Natal ficará aberta entre 12h e 18h.

Em João Câmara, o Detran realizará apenas o serviço de vistoria na Central do Cidadão, que já vem prestando de forma presencial atendimentos para o Sistema Nacional de Emprego (Sine). O horário de funcionamento é das 07 às 13h.

AGENDAMENTOS

Detran (Natal/ZN, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e João Câmara)

Os usuários interessados em agendar serviços do Detran devem acessar o site do órgão na internet (www.detran.rn.gov.br) e selecionar o serviço desejado, clicando primeiro no ícone “Agendamentos” na homepage. Na página direcionada, estarão as opções dos serviços para o cidadão selecionar o que precisa.

Itep (Parnamirim, São Gonçalo do Amarante)

O agendamento para emissão da Carteira de Identidade (RG) é feito online, exclusivamente, por meio do site www.centraldocidadao.rn.gov.br. É necessário a criação de um cadastro, com e-mail e senha, além da apresentação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) do titular, não sendo possível realizar o agendamento para terceiros. O agendamento pelo site oferecerá atendimento no dia útil seguinte, com horário marcado.

Sine (João Câmara)

O agendamento pode ser feito, provisoriamente, por meio do telefone 3190-0777.

Detran vai voltar a oferecer serviços de renovação de CNH e 1ª habilitação a partir da próxima semana

Detran RN - Simulado, Consulta de Multas, Licenciamento

Assessoria de Comunicação Detran/RN

Os serviços de renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e abertura de processo de primeira Habilitação voltam a ser oferecidos pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) a partir da próxima terça-feira (07), nas cidades de Natal e Mossoró. A portaria 489/2020 que disciplina esses serviços foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE), deste sábado (04), e tem validade durante o período de pandemia do Covid-19.

Para o usuário que deseja renovar a CNH, o procedimento é simples e deve ser iniciado por meio do acesso ao site do Detran (www.detran.rn.gov.br). No ícone “CNH” (no centro da página do site), o cidadão clica e logo é direcionado para uma nova aba onde são solicitados os números do CPF e do Registro da CNH. Preenche os dados e escolhe a opção “não sou robô”, clicando em seguida no botão “consultar”. Logo estará na página de acesso as suas informações, onde é possível escolher a opção “Renovação de CNH”.

Daí em diante, o usuário tem acesso as taxas de pagamento da renovação e é direcionado pelo sistema a uma clínica médica onde é agendada de maneira sistematizada a realização da captura de imagem e das impressões digitais do condutor, digitalização dos documentos pessoais, como também o exame clínico. Sendo aprovado e quitada as taxas, o condutor recebe a CNH no endereço residencial cadastrado no sistema de dados do Detran.

Já em relação ao processo de retirada da primeira Habilitação, basta o cidadão se dirigir ao Centro de Formação de Condutor (CFC – autoescola) de sua preferência e apresentar um documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência, solicitando a abertura do processo. Em seguida, o sistema encaminha o condutor para uma clínica médica onde será feita a digitalização dos documentos, captura de imagem e das impressões digitais do do mesmo. Após, será efetivado os exames clínicos (médico e psicológico) e, sendo aprovado, já poderá iniciar as aulas teóricas de trânsito via sistema online do CFC.

O coordenador de Registro de Condutores do Detran, Jonas Godeiro, alertou que o usuário não pode esquecer de levar sua documentação pessoal com foto e comprovante de residência no momento de abertura do processo no CFC e para a clínica médica, onde esses documentos serão digitalizados. “Nas duas situações o cidadão não pode esquecer de levar seus documentos pessoais já que sem a apresentação dessa documentação o processo não poderá seguir”, alertou.

Todo o processo de realização dos serviços foi montado levando em consideração as medidas de prevenção ao contágio do coronavírus, como preconiza as autoridades sanitárias estaduais e da Organização Mundial de Saúde (OMS), no sentido de permitir o mínimo contato entre as pessoas, utilizando de maneira inteligente as ferramentas de serviço online e agendamento prévio, como também outras medidas focadas na higienização, distanciamento social, utilização de máscaras de proteção, álcool gel a 70% e outros.