Coronavírus: Natal está vencendo a Covid-19 com Ivermectina, diz prefeito Álvaro Dias

Coronavírus: Ivermectina causou queda nos atendimentos por Covid ...

Portal Grande Ponto

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, afirmou que a cidade está “começando a vencer a luta contra o coronavírus” devido à adoção do protocolo médico para tratamento da doença que vem sendo usado na capital potiguar. Esse protocolo, segundo explica Álvaro Dias, foi aprovado pelo Comitê Científico do Município, bem como pelo Conselho Regional de Medicina (Cremern).

De acordo com o prefeito, o protocolo prevê o “uso da Ivermectina como preventivo e também como terapêutico associado a outros medicamentos como a azitromicina, corticoide, cloroquina, entre outros”.

A partir do protocolo adotado pela Prefeitura, a população passou a ter acesso a um tratamento precoce para a doença, diferentemente do que era feito no início da pandemia, quando se orientava que o paciente aguardasse em casa e apenas procurasse atendimento hospitalar em caso de febre persistente e falta de ar.

O prefeito disse ainda, sem citar números, que houve uma diminuição dos pacientes graves que necessitam de UTI na cidade do Natal.

“Vamos usar a Ivermectina como medicamento preventivo. Usa-se 200 microgramas por quilo de peso, ou seja, um comprimido de 100 mg para cada 30 kg de peso. Vamos procurar o médico, vamos obter a prescrição e a adoção de Ivermectina como medicamento preventivo, vamos continuar instituindo nos postos de saúde, com horário estendido, no município e também no Ginásio Nélio Dias o tratamento precoce com o nosso protocolo médico”, concluiu o prefeito em um vídeo divulgado pelas redes sociais.

RN tem 34.984 casos confirmados e 1.248 mortes por Covid-19

RN registrou mais de 90 mil testes de coronavírus — Foto: Pedro Vitorino/Cedida

G1/RN.

O Rio Grande do Norte registrou mais 35 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. O boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública, divulgado nesta segunda-feira (6), aponta que o número de casos confirmados subiu para 34.984, enquanto os óbitos pela doença chegaram a 1.248.

Os novos dados da Sesap também destacam que são 47.654 casos suspeitos e 54.914 descartados em todo o estado, e indicam que outros 173 óbitos estão em investigação.

Até domingo (5), o RN tinha registrado 34.645 casos confirmados e 1.213 mortes por Covid-19.

Segundo a Sesap, 644 pessoas estão internadas com coronavírus no RN: 389 na rede pública e 255 na rede privada. A taxa de ocupação em leitos críticos (semi intensivo e UTI) da rede pública é de 89,11% e o da rede privada é de 80%. O Rio Grande do Norte tem registrados 93.343 exames de coronavírus até o momento. Desses, 41.179 foram RT-PCR e os outros 51.192 foram testes rápidos.

A última atualização no número de recuperados aponta 2.904 pacientes. Esse número, no entanto, está desatualizado. De acordo com a Sesap, os municípios não estão atualizando o sistema que dá origem ao boletim epidemiológico.

Situação do coronavírus no RN

Homem é preso em Caicó/RN por retirar ilegalmente motocicleta recolhida

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, no final da manhã deste domingo (05), em Caicó/RN, fora da BR, próximo ao trevo do açude Itans, um homem de 39 anos, por tomar de assalto, no dia anterior, sua própria motocicleta.

O veículo havia sido apreendido pela PRF e estava sendo transportado pela empresa contratada ao pátio, momento em que o proprietário ameaçou o motorista do guincho com uma arma branca, obrigando a liberar o veículo.

O homem foi preso e a ocorrência encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Caicó/RN.

MPRN, MPF e MPT afirmam que a decisão de reabertura das atividades econômicas não foi respaldada por dados científicos consistentes

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), o Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) e o Ministério Público do Trabalho no estado (MPT/RN) emitiram nota à sociedade potiguar. De acordo com a nota, “a decisão de reabertura das atividades econômicas proposta pelo Estado do Rio Grande do Norte e pelo Município de Natal/RN não foi respaldada por dados científicos consistentes”.

Leia abaixo a íntegra da nota

NOTA DOS MINISTÉRIOS PÚBLICOS À SOCIEDADE POTIGUAR:

01. O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, o MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE e o MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO dirigem-se à sociedade potiguar para se manifestar sobre a reabertura da economia.

02. No dia 23 de junho de 2020, os ramos do MINISTÉRIO PÚBLICO neste Estado recomendaram ao governo estadual e a todos os prefeitos municipais que a retomada das atividades econômicas somente seria segura se fosse observada desaceleração da taxa de transmissibilidade da COVID-19 de maneira sustentada, e a ocupação dos leitos públicos de UTI não fosse superior a 70%, nos termos do art. 12,§1º, do Decreto Estadual nº 29.742/2020.1

 

03. A Governadora recebeu a Recomendação e comprometeu-se a cumpri-la, conforme ofício número 513/2020-GAC, enviado em 23.06.2020, a exemplo do prefeito de Natal/RN.

04. No dia 29 de junho de 2020, a Governadora do Estado publicou a Portaria Conjunta nº 007/2020-GAC/SESAP/SEDEC, autorizando a reabertura inicial e gradual da economia, sob o argumento de que o Comitê Científico estadual teria recomendado o fim do isolamento social, conforme coletivas de imprensa e mensagens em redes sociais da Governadora e de representantes do governo, de conhecimento público. No mesmo sentido seguiu o prefeito de Natal/RN.

05. A Recomendação do Comitê Científico, porém, somente foi publicada no dia seguinte, apresentando dados ainda significativamente preocupantes quanto à situação no Estado do Rio Grande do Norte, especialmente em relação à taxa de contágio e ao número de leitos críticos de UTI. Além disso, os cientistas foram claros ao dizer que não seria ainda o momento indicado para a reabertura da economia e o fim do isolamento social.

(mais…)

PRF recupera carreta roubada com carga de cerveja e libera motorista sequestrado na Grande Natal/RN

A Polícia Rodoviária Federal recuperou, na noite desta sexta-feira (03), no km 304 da BR 304, em Macaíba/RN, uma carreta com carga de cerveja avaliada em mais de 217 mil reais, que havia sido roubada pouco antes em Canguaretama/RN, e libertaram na localidade de Cajupiranga, em Parnamirim/RN, o motorista da carreta que havia sido sequestrado.

Após os criminosos roubarem a carreta em Canguaretama/RN, sequestraram seu motorista em um GM/Onix e seguiram sentido Parnamirim/RN, quando foram abordados por uma equipe PRF, tendo os criminosos fugido e o refém consequentemente libertado.

Outra equipe PRF diligenciou em busca da carreta, onde a encontraram, fechada e com a carga, em um posto de combustível em Macaíba/RN.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Plantão Zona Sul, em Natal/RN.

Detran vai voltar a oferecer serviços de renovação de CNH e 1ª habilitação a partir da próxima semana

Detran RN - Simulado, Consulta de Multas, Licenciamento

Assessoria de Comunicação Detran/RN

Os serviços de renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e abertura de processo de primeira Habilitação voltam a ser oferecidos pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) a partir da próxima terça-feira (07), nas cidades de Natal e Mossoró. A portaria 489/2020 que disciplina esses serviços foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE), deste sábado (04), e tem validade durante o período de pandemia do Covid-19.

Para o usuário que deseja renovar a CNH, o procedimento é simples e deve ser iniciado por meio do acesso ao site do Detran (www.detran.rn.gov.br). No ícone “CNH” (no centro da página do site), o cidadão clica e logo é direcionado para uma nova aba onde são solicitados os números do CPF e do Registro da CNH. Preenche os dados e escolhe a opção “não sou robô”, clicando em seguida no botão “consultar”. Logo estará na página de acesso as suas informações, onde é possível escolher a opção “Renovação de CNH”.

Daí em diante, o usuário tem acesso as taxas de pagamento da renovação e é direcionado pelo sistema a uma clínica médica onde é agendada de maneira sistematizada a realização da captura de imagem e das impressões digitais do condutor, digitalização dos documentos pessoais, como também o exame clínico. Sendo aprovado e quitada as taxas, o condutor recebe a CNH no endereço residencial cadastrado no sistema de dados do Detran.

Já em relação ao processo de retirada da primeira Habilitação, basta o cidadão se dirigir ao Centro de Formação de Condutor (CFC – autoescola) de sua preferência e apresentar um documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência, solicitando a abertura do processo. Em seguida, o sistema encaminha o condutor para uma clínica médica onde será feita a digitalização dos documentos, captura de imagem e das impressões digitais do do mesmo. Após, será efetivado os exames clínicos (médico e psicológico) e, sendo aprovado, já poderá iniciar as aulas teóricas de trânsito via sistema online do CFC.

O coordenador de Registro de Condutores do Detran, Jonas Godeiro, alertou que o usuário não pode esquecer de levar sua documentação pessoal com foto e comprovante de residência no momento de abertura do processo no CFC e para a clínica médica, onde esses documentos serão digitalizados. “Nas duas situações o cidadão não pode esquecer de levar seus documentos pessoais já que sem a apresentação dessa documentação o processo não poderá seguir”, alertou.

Todo o processo de realização dos serviços foi montado levando em consideração as medidas de prevenção ao contágio do coronavírus, como preconiza as autoridades sanitárias estaduais e da Organização Mundial de Saúde (OMS), no sentido de permitir o mínimo contato entre as pessoas, utilizando de maneira inteligente as ferramentas de serviço online e agendamento prévio, como também outras medidas focadas na higienização, distanciamento social, utilização de máscaras de proteção, álcool gel a 70% e outros.

RN registra 33.910 casos confirmados de Covid-19 e 1.200 mortes pela doença

Teste de coronavírus — Foto: DANIEL GALBER/UAI FOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

G1/RN.

O Rio Grande do Norte tem 33.910 casos confirmados de Covid-19 e 1.200 mortes pela doença desde o início da pandemia. Os dados foram atualizados neste sábado (4) pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).

Nas últimas 24 horas, 489 novos casos foram confirmados e outros 29 óbitos foram registrados por coronavírus. Na sexta-feira (3), o estado somava 33.421 casos confirmados e 1.171 óbitos.

De acordo com a pasta, o Rio Grande do Norte tem ainda 45.614 casos suspeitos e 53.465 descartados. Outras 171 mortes estão em investigação para saber se foram ou não por Covid-19.

Situação do coronavírus no RN

  • 1.200 mortes
  • 33.910 casos confirmados
  • 45.614 casos suspeitos
  • 53.465 casos descartados

RN vai receber do Governo Bolsonaro mais R$ 323 milhões para combate ao coronavírus

Portal Grande Ponto

O Governo Federal autorizou nesta quinta-feira (2), de uma só vez, o repasse de mais R$ 13,8 bilhões – maior valor já liberado em uma única fase – para reforçar o Sistema Único de Saúde (SUS) e garantir o cuidado à saúde de todos os brasileiros no enfrentamento à Covid-19. Desse montante, o Rio Grande do Norte foi beneficiado com R$ 323 milhões.

Os recursos podem ser usados para melhoria da oferta dos serviços hospitalares e de Atenção Básica por meio da aquisição de insumos e produtos, custeio de intervenções médicas, contratação de profissionais de saúde, entre outras benfeitorias na rede pública de saúde, com foco na assistência ao cidadão. Ao todo, já são cerca de R$ 25 bilhões destinados exclusivamente para a Covid-19 em todo o país.

Para definir o valor a ser destinado para cada município, o Ministério da Saúde considerou o tamanho da população e a média de recursos transferidos para atenção hospitalar e atenção básica no ano passado. Já para a distribuição de recursos aos estados, além do critério populacional, foi considerado também o número de leitos de UTI registrado nos planos de contingência preparados pelos estados para enfrentamento à pandemia do coronavírus e a taxa de incidência da Covid-19 por 100 mil habitantes.

O conjunto de 5.570 municípios do país receberão o total de R$ 11,3 bilhões. Já para os estados o valor repassado é na ordem de R$ 2,5 bilhões.

O Ministério da Saúde acompanha de perto a situação da transmissão da Covid-19 em todo o país e tem atuado, em conjunto com as secretarias estaduais de saúde e municipais de saúde para apoiar as ações de enfrentamento à doença.

“Esta é mais uma demonstração de que o Governo Federal mantém apoio irrestrito aos estados e municípios para garantia do cuidado adequado à saúde da população. O SUS funciona com a articulação das ações entre governo federal, estados e municípios”, aponta Elcio Franco, secretário-executivo do Ministério da Saúde.

RECURSOS

Anteriormente, o Ministério da Saúde já havia distribuído diretamente a estados e municípios R$ 9,9 bilhões de recursos voltados exclusivamente para combate ao coronavírus. Os recursos foram transferidos por critério per capita; para habilitação de leitos de UTI Covid-19 e de leitos em Hospitais de Pequeno Porte; incremento ao teto hospitalar; auxílio financeiro emergencial às santas casas e hospitais filantrópicos; habilitação de Centros Comunitários de referência, entre outras ações.

Além das transferências diretas aos estados e municípios, o Ministério da Saúde também foram comprou e distribuiu mais de 15 milhões unidades de medicamentos para auxiliar no tratamento do coronavírus; 115,7 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs); mais de 11,4 milhões de testes de diagnóstico para COVID-19 e 79,9 milhões de doses da vacina contra a gripe, que ajuda a diminuir casos de influenza e demais síndromes respiratórias no meio dos casos de coronavírus. O Ministério da Saúde também adquiriu e entregou 6.410 equipamentos para todos os estados brasileiros. Estes equipamentos são usados no tratamento de pacientes que apresentem dificuldades para respirar.

RN tem 33.421 casos confirmados e 1.171 mortes por coronavírus

Teste rápido novo coronavírus — Foto: Mauricio Vieira/Divulgação

G1/RN.

O Rio Grande do Norte registrou 68 mortes pelo novo coronavírus e teve 524 novos casos confirmados nas últimas 24 horas. Os dados constam na edição desta sexta-feira (3) do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Ao todo, o estado tem 33.421 casos confirmados e 1.171 óbitos.

Na quinta-feira (2), a Sesap apontava inicialmente 32.578 casos e 1.095 mortes por Covid-19 no estado. O boletim, divulgado no fim da noite, no entanto, corrigiu os número do dia 2 de julho para 32.897 casos no estado e 1.103 óbitos.

Os números da pasta para essa sexta-feira (3) aponta que outras 171 mortes no estado estão em investigação para saber se ocorreram ou não por coronavírus. O RN tem ainda 44.959 casos suspeitos e 52.866 descartados.

O boletim indica ainda que 617 pacientes estão internados com coronavírus no RN: 372 na rede pública e 245 na rede privada. A taxa de ocupação das UTIs da rede pública é de 94% e o da rede privada é de 82%.

O Rio Grande do Norte realizou também 89.065 exames de coronavírus até o momento. Desses, 39.008 foram RT-PCR e os outros 48.809 foram testes rápidos.

O número de recuperados da doença está desatualizado e aponta 2.904 pacientes. De acordo com a Sesap, os municípios não estão atualizando o sistema que dá origem ao boletim epidemiológico.

Situação do coronavírus no RN

  • 1.171 mortes
  • 33.421 casos confirmados
  • 44.959 casos suspeitos
  • 52.866 casos descartados

Fátima atinge 63,4% de desaprovação e 62% reprovam gestão estadual da pandemia

Do Portal Grande Ponto.

O Instituto Consult divulgou nesta quarta-feira (01) uma nova pesquisa onde questiona aos natalenses sobre o desempenho do governo Fátima Bezerra (PT), tanto em âmbito geral como em relação ao combate da pandemia do coronavírus. O levantamento foi realizado entre os dias 24 e 28 de junho e foi destaque no Repórter 98, da 98 FM nesta quarta-feira (01).

Segundo o levantamento, 63,4% dos entrevistados desaprovam a gestão da petista, enquanto 24,5% aprovam e 12,3% não sabem dizer. Os índices são semelhantes quando a pergunta é sobre o desempenho da administração no combate ao Covid-19. Nesta pergunta, 62% disseram reprovar o governo Fátima, enquanto 24,5% aprovam e 13,5% não sabem dizer.

A pesquisa foi feita com mil pessoas distribuídas nas quatro regiões da cidade. Os resultados têm uma margem de erro de 3,1% para mais ou para menos e confiabilidade de 95%. O número de registro no TSE é RN01510/2020.

CategoriasRN

RN registra 32.578 casos confirmados de Covid-19 e 1.095 mortes pela doença

8 de junho - Papéis e identidades são vistos em local de teste rápido para coronavírus (COVID-19), em Duque de Caxias — Foto: Leo Correa/AP

G1/RN.

O Rio Grande do Norte registra 32.578 casos confirmados de Covid-19 e 1.095 mortes pela doença desde o início da pandemia. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizados nesta quinta-feira (2). Outros 173 óbitos estão em investigação para saber se ocorreram pelo novo coronavírus.

O aumento no número de casos nas últimas 24 horas foi de 679. No mesmo período, 28 mortes a mais também foram registradas no estado. mortes por coronavírus.

Na quarta-feira (1), o RN tinha 31.899 casos confirmados e 1.067 óbitos., chegando a 1.034 óbitos registrados. De acordo com o boletim da Sesap, o RN tem ainda 44.157 casos suspeitos de Covid-19 e 51.041 descartados.

Até o fechamento da matéria, a Sesap ainda não havia divulgado o boletim completo. De acordo com a edição de quarta-feira (1), o RN tem 660 pacientes internados por coronavírus no estado, sendo 373 no serviço público e 287 no privado. A taxa de ocupação das UTIs da rede pública é de 90,5% e da rede privada de 92%.

Segundo o último boletim, o estado realizou 79.437 exames de coronavírus até o momento no estado. Desses, 33.469 foram RT-PCR e os outros 45.968 foram testes rápidos.

O número de recuperados da doença segue desatualizado e aponta 2.904 pacientes. De acordo com a Sesap, os municípios não estão atualizando o sistema que dá origem ao boletim epidemiológico.

Situação do coronavírus no RN

  • 1.095 mortes
  • 32.578 casos confirmados
  • 44.157 casos suspeitos
  • 51.041 casos descartados

RN tem 31.899 casos confirmados e 1.067 mortes por coronavírus

Teste de coronavírus  — Foto: Breno Esaki/Saúde-DF

G1/RN.

O Rio Grande do Norte tem 31.899 casos confirmados e 1.067 mortes por coronavírus. Os dados foram atualizados nesta quarta-feira (1) pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).

O aumento no número de casos registrados foi de 1.612 em 24 horas no estado, que também teve mais 33 mortes no mesmo período.

Na terça-feira (30), o RN ultrapassou as 1 mil mortes pelo novo coronavírus, chegando a 1.034 óbitos registrados, Além disso, havia passado da casa dos 30 mil casos confirmados, com 30.287 infectados.

O boletim completo ainda não foi divulgado pela Sesap. De acordo com o de terça-feira (30), o RN tem ainda outros 42.347 casos suspeitos de coronavírus, 48.044 descartados e 142 mortes em investigação. Os recuperados no estado somam 2.904.

O boletim de terça também aponta que o RN tem 666 pacientes internados por coronavírus no estado, sendo 380 no serviço público e 286 no privado. A taxa de ocupação das UTIs da rede pública é de 94% e da rede privada de 92%.

O RN realizou 77.905 exames de coronavírus até o momento no estado. Desses, 33.203 foram RT-PCR e os outros 44.702 foram testes rápidos.

Situação do coronavírus no RN

  • 1.067 mortes
  • 31.899 casos confirmados
  • 42.347 casos suspeitos
  • 48.044 casos descartados
  • 2.904 recuperados

Governo do RN confirma retomada das atividades econômicas dia 1º de julho e muda cronograma da 1ª fase

Comércio terá retomada gradual no RN — Foto: Pedro Vitorino/Cedida

G1/RN.

O Governo do Rio Grande do Norte confirmou nesta segunda-feira (29) a retomada das atividades econômicas do estado a partir da próxima quarta-feira (1º), prazo em que se encerra o atual decreto de isolamento social. Junto com a confirmação, o governo publicou no Diário Oficial um novo cronograma para 1ª fase da volta dos estabelecimentos, que antes tinha três frações e agora terá apenas duas frações.

A retomada havia sido adiada por duas vezes, já que, segundo o Executivo, essa reabertura estaria condicionada ao fato de reduzir a ocupação nos leitos de UTI do estado para menos de 70%. O último adiamento aconteceu no dia 23 de junho. Nesta segunda-feira, a Prefeitura de Natal também anunciou a reabertura do comércio a partir de terça-feira (30).

A taxa de ocupação de leitos críticos na região metropolitana de Natal atualmente é de 97,4%, no Oeste de 93,2% e no Seridó de 82,8%. Ao todo, 44 pacientes aguardam por leitos críticos no estado. Os dados foram consultados às 18h10 no Regula RN, que monitora a situação dos leitos no estado. De acordo com o último boletim da Secretaria do Estado de Saúde Pública (Sesap), o RN tem 24.301 casos de Covid-19 e 937 mortes pela doença.

Nesta segunda-feira, o comitê científico de enfrentamento à pandemia da Covid-19 no RN disse que há uma redução na pressão sobre leitos de UTI no estado e que a taxa de transmissibilidade da doença tem diminuído. Apesar disso, o comitê alertou que não há motivo para relaxamento do isolamento social.

A fase 1 do novo cronograma representa as atividades que vão retornar no dia 1 de julho e é dividida em duas frações. Ela contempla:

  • atividades de informação, comunicação, agências de publicidade, design e afins;
  • salões de beleza, barbearias e afins;
  • estabelecimentos com até 300m² e com “porta para a rua” dos seguintes ramos: papelarias, bancas de revistas; comércio de produtos de climatização; comércio de bicicletas e acessórios; comércio de vestuário; e armarinho.

A partir do oitavo dia, está prevista a retomada de outros estabelecimentos. São eles:

  • serviços de alimentação de até 300m² (restaurantes e food trucks);
  • estabelecimentos com até 600 m² e com “porta para a rua”, dos seguintes ramos:
  • a) comércio de móveis, eletrodomésticos e colchões;
  • b) lojas de departamento e magazines não localizados dentro de shopping centers ou centros comerciais;
  • c) agências de turismo;
  • d) comércio de calçados;
  • e) comércio de brinquedos, artigos esportivos e de caça e pesca;
  • f) comércio de instrumentos musicais e acessórios; de equipamentos de áudio e vídeo; de eletrônicos/informática; de equipamentos de telefonia e comunicação;
  • g) joalherias, relojoarias, bijuterias e artesanatos;
  • h) comércio de cosméticos e perfumaria.

Os estabelecimentos que vão reabrir precisam cumprir algumas determinações, como higienização dos locais, uso de máscaras por funcionários e clientes, controle no número de pessoas nas lojas, e disponibilização de álcool em gel 70%.

“Como os tempos que vivemos ainda não são de normalidade, peço que não entendam o início dessa retomada como um convite ao não distanciamento ou ao ‘liberou geral’. Qualquer retrocesso nos levará a retomar parâmetros de restrições anteriores. Por isso que, mais do que nunca, é preciso manter o isolamento social como medida preventiva e o uso obrigatório de máscaras em todos os espaços públicos, incluindo os transportes públicos”, disse a governadora Fátima Bezerra (PT).

Na publicação do Diário Oficial, o governo reitera que “verificada tendência de crescimento dos indicadores após a liberação das atividades, poderão ser adotados, a qualquer tempo, se necessário, o restabelecimento ou o adiamento das fases, bem como o recrudescimento das medidas”.

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (Fecomércio) disse que a retomada vai acontecer de maneira segura no estado. “Nosso segmento está preparado e seguirá se aprimorando para que esta retomada gradual se dê com toda a segurança e firmeza. Fazer algo dessa reabertura algo definitivo e positivo é tarefa de todos nós, empreendedores, autoridades, consumidores e colaboradores. É preciso atender os protocolos. Fiscalizar sua aplicação, orientar eventuais ajustes e fazer o RN retomar o crescimento”, disse o presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz.

Governo do RN atinge a marca de 415 leitos para tratamento de Covid 19 na rede pública do Estado

O Governo do RN abriu ao todo 415 leitos na rede pública estadual para pacientes em tratamento contra a Covid-19. Foram abertos em Natal 33 leitos críticos municipais com auxílio do Estado, que encaminhou 11 respiradores, 30 bombas de infusão e 40 monitores. Foram 214 críticos e 201 leitos clínicos/estabilização.

Dos 247 leitos críticos disponíveis (214 só do Estado e 33 da parceria Estado e município), 32 leitos são específicos para pacientes de Covid com algum tipo de necessidade especial (materno, pediátrico, ortopédico).

Confira a localização dos leitos.

LEITOS CRÍTICOS : 214

OESTE – 57 leitos críticos
Hospital Tarcísio Maia (geral): 20 leitos
Hospital São Luiz (geral): 29 leitos
Apamim (materno): 5 leitos
Wilson Rosado (pediátrico): 3 leitos

MATO GRANDE – 4 críticos
Hospital Municipal de Guamaré: 4 leitos

ALTO OESTE – 11 críticos
Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade (Pau dos Ferros) – geral: 11 leitos

SERIDÓ – 29 críticos
Hospital Regional do Seridó (Caicó) – geral: 29 leitos

REGIÃO METROPOLITANA – 113 críticos estaduais | 137 (Estado + 33 leitos municipais de Natal abertos com apoio do Estado)
Giselda Trigueiro (geral): 25 leitos
Hospital da PM (geral): 20 leitos
Luiz Antonio: 20 leitos
Memorial (geral): 6 leitos
Rio Grande (geral): 5 leitos
João Machado: 8 leitos
Santa Catarina (obstetrícia): 5 leitos
Maria Alice (pediátrico): 7 leitos
Hospital Rui Pereira (vascular): 5 leitos
Deoclécio Marques (ortopedia): 7 leitos
Belarmina Monte: 5 leitos – Enviamos respiradores

Gestão municipal de Natal (leitos abertos com auxílio do Estado que encaminhou 11 respiradores, 30 bombas de infusão e 40 monitores)
Hospital Municipal de Natal: 17 leitos
Hospital de Campanha de Natal: 16 leitos

TOTAL: 214 leitos críticos só do Estado.

São 247 leitos críticos disponíveis ao somarmos os leitos do município de Natal que foram abertos com auxílio de equipamentos do Governo do RN.

LEITOS CLÍNICOS E ESTABILIZAÇÃO: 201

1ª região – 11 leitos clínicos
Lindolfo – 7 clínicos e 4 leitos de estabilização

2ª região – 67
Rafael Fernandes – 14 leitos (2 estabilização + 12 clínicos)
Apodi – 8 leitos (2 estabilização + 6 clínicos)
Caraubas – 3 leitos (1 estabilização + 2 clínicos)
São Luiz – 30 leitos
Apamim – 12 leitos

3ª região – 8
Regional de João Câmara – 8 leitos (2 de estabilização + 6 clínicos)

4ª região – 16
Caicó – 15 leitos
Currais – 1 leitos

5ª região – 6
SPP – 6 leitos (2 estabilização + 4 clínicos)

6ª região – 10
Cleodon – 10 leitos clínicos

7ª região – 77
Maria Alice – 22 clínicos + 2 estabilização
Santa Catarina – 7 clínicos
Rio Grande – 10 leitos clínicos
Liga – 20 clínicos
Rui Pereira – 5 clínicos
João Machado – 10 clínicos + 1 estabilização

8ª região – 6
Assú – 4 clínicos + 2 estabilização

TOTAL: 201

TOTAL DO ESTADO: 415 leitos, sendo 214 leitos críticos e 201 leitos clínicos/estabilização.

América FC realiza 1ª etapa de testes para Covid-19 e define retorno

AGORA RN.

om as atividades oficialmente suspensas desde o dia 19 de março em razão da pandemia do novo coronavírus e sem jogar desde o dia 16 de março, o América decidiu retomar os trabalhos. Nesta sexta-feira (26), realizou a primeira fase de testes para Covid-19 em todos do time profissional, comissão técnica e demais profissionais envolvidos diretamente com o futebol. A segunda etapa ocorrerá na próxima segunda-feira (29).

De todos os funcionários avaliados, um atleta testou positivo e seguirá isolado. Dentre os membros da comissão técnica, o resultado de um profissional mostrou que o mesmo já adquiriu anticorpos.

“É importante porque passa muita tranquilidade pra nós saber que o companheiro também está livre desse vírus maldito que veio pra assolar o país e o mundo. Então a gente fica um pouco mais tranquilo e trabalha de uma forma um pouco mais tranquila com a confiança de que as coisas vão acontecer mais à frente. Então, é bom, interessante e passa aquilo que a diretoria vem nos propopondo e colocando à disposição de nós todos, que é esse profissionalismo com que está sendo encarado essa pandemia e esse retorno ao futebol”, disse o volante Leandro Melo.

Diante da impossibilidade da retomada do futebol no Rio Grande do Norte e com a maioria dos adversário nas próximas competições treinando em outros estados, a equipe do América decidiu viajar para Pernambuco na próxima quarta-feira (1º), onde reiniciará os treinamentos Centro de Treinamento do Retrô, que fechou parceria com o clube potiguar e cederá suas instalações por dez dias, ficando à disposição do plantel campo, academia, refeitório e hotel.

Estátua de Nossa Senhora das Graças será inaugurada em Messias Targino e colocará município na programação de turismo religioso no RN

Vai ser neste domingo, 28, a inauguração da estátua gigante de Nossa Senhora das Graças, padroeira do município de Messias Targino. A inauguração será virtual para evitar a aglomeração de pessoas durante a pandemia.

O monumento, erguido no Mirante da Cidade, um alto com vista para toda o município, já vinha sendo construído pela prefeita Shirley Targino, que fez questão de concluir mesmo durante a pandemia, na expectativa de recuperação da economia com o turismo religioso, passada a temporada de distanciamento social.

A prefeita fará uma live a partir das 17 horas, que será transmitida pelas redes sociais da Prefeitura.

Ceasa-RN limita entrada de pessoas a partir desta segunda-feira (29)

Agora RN Ceasa-RN suspende acesso de ambulantes e fecha feirinha ...

A Administração da Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) comunica que iniciará nova medida sanitária para enfrentamento da Pandemia provocada pela COVID-19 e passará a controlar a entrada de pessoas nas dependências do órgão.

Desta forma, a partir desta segunda-feira (29), só será permitida a entrada de uma pessoa por família. A equipe de fiscalização estará na portaria monitorando e orientando sobre a nova medida.

A Administração ressalta que todas as medidas tomadas são para segurança e proteção de todos que fazem parte da Ceasa-RN. Se puder, fique em Casa!

CategoriasRN

RN registra 522 novos casos de coronavírus e mais 20 óbitos; Total de mortes chega a 909 e infectados são 24.253

De acordo com o balanço divulgado na noite deste sábado (27) pelo Ministério da Saúde, o Rio Grande do Norte tem no total 24.253 casos do novo coronavírus e 909 óbitos provocados pela Covid-19.

O ministério registrou 522 novos casos e 20 óbitos a mais que o boletim da Sesap da sexta-feira (26), quando o RN havia totalizado 889 óbitos e 23.731 infectados.

Ex-presidente do ABC, Severo Alves Câmara morre vítima da Covid-19

Nota de pesar

A diretoria do ABC Futebol Clube, em nome dos dirigentes, conselheiros, sócios e torcedores, manifesta seus sentimentos pelo falecimento do ex-presidente Severo Alves Câmara.

Severo Câmara tinha 89 anos e faleceu nesta quarta-feira (24), vítima de Covid-19. Severo foi atleta de futsal do clube e presidiu o Mais Querido em 1979/1980. Foi o responsável pelo processo de transição do Alvinegro da antiga sede, em Morro Branco, para a atual, em Ponta Negra.

No ano de 2015, Severo Câmara foi um dos homenageados em sessão solene na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, em comemoração aos 100 anos do Clube do Povo.

Todos que fazem o ABC Futebol Clube externam os mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos, neste momento de dor e tristeza.

80% dos potiguares dependem exclusivamente do SUS, aponta IBGE

Leitos públicos do hospital LIGA, em Natal — Foto: Sandro Menezes

G1/RN.

Mais de 2,8 milhões de potiguares dependem exclusivamente do Sistema Único de Saúde (SUS). O dado consta na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de Covid-19 (Pnad Covid-19) que foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística nesta quarta-feira (24). Esse número representa 80,5% da população total do Rio Grande do Norte.

De acordo com a pesquisa, os outros 20% dos potiguares conseguem ter um plano de saúde para tratamentos médicos. O levantamento feito pelo IBGE traçou um cenário do mercado de trabalho e saúde em todo o Brasil no mês de maio.

O relatório apontou ainda que um em cada quatro domicílios com idosos tem pessoas com sintomas conjugados do novo coronavírus. Isso representa 24,6% dos lares com idosos em todo o estado. Pessoas com sintomas conjugados são as que apresentaram, de forma aliada, perda de cheiro ou sabor ou tosse; febre e dificuldade para respirar; ou febre, tosse e dor no peito.

De acordo com o PNAD Covid-19, cerca de 258 mil pessoas no Rio Grande do Norte, ou 7,3% da população, apresentaram algum sintoma de síndrome gripal. Segundo o o IBGE, essa é a quarta menor proporção do país e a segunda do Nordeste.

Dessas 258 mil pessoas, 55 mil delas foram a alguma unidade de saúde para consulta, apontou a pesquisa.