Casos de Covid-19 aumentam no RN e ocorreram nove óbitos nas últimas 24 horas

O número de casos confirmados com a Covid-19 nas últimas 24 horas volta a subir no Rio Grande do Norte com a notificação de 420 casos divulgados, em coletiva, pelo secretário estadual de saúde, Cipriano Maia no início da tarde desta quarta-feira (30).

“Um sinal de alerta”, disse ele que fez um apelo para a manutenção da vigilância e obediência aos protocolos de segurança em saúde emitidos pelo governo do estado por meio de decreto. “Desde a última semana de agosto que nós já devíamos ter uma aceleração do declínio que não vem ocorrendo, ela vem se mantendo em patamares do final de agosto quando deveríamos já ter acelerado essa queda”, alertou Cipriano.

Com esses novos casos, o acumulado atinge os 69.433. Houve um aumento de 438 casos suspeitos desta terça para quarta, contabilizando um total de 36.318. Subiu também o total de casos descartados, já são 143.424 pessoas testadas que tiveram o resultado negativo para a doença.

Cipriano relatou que o Comitê Científico acredita que o estado não passará por uma segunda onda, mas prevê um prolongamento da primeira. “Muitos países, estados estão vivendo a segunda onda ou se perguntando, Nós fazíamos esse debate ontem (29) no comitê, e aí, nós teremos segunda onda? Nós, possivelmente não, mas possivelmente teremos uma primeira onda mais alargada com oscilações”.

Nas últimas 24 horas, três pessoas morreram no estado vítimas da Covid-19, somados às seis que foram confirmadas hoje, um total de nove se acrescentam ao número de mortos decorrentes da doença no RN. Com isso, o quantitativo chega a 2.393. Outras 319 estão no aguardo da investigação da causa.

O índice de transmissibilidade geral está em 0,78 no estado, porém três regiões estão em alerta por ultrapassarem a faixa 1,0, consideradas pelo Comitê Científico em saúde, um nível adequado. Na região do Mato Grande, o indicador se encontra em 1.31, e em Trairi/Potengi está em 1,15, enquanto na região Metropolitana, cai para 1,07.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *